cifras - PDFCOFFEE.COM (2022)

Ela Une Todas As Coisas Jorge Vercillo

Intro: Eb7M Eb7M/6 C7(9) Eb7(9) F7(4)(9) Gm7 Gm7/F Eb/F Bb7M Ela une todas as coisas Gm7 Como eu poderia explicar Gm7/F Eb7M Um doce mistério de rio Bb/D Cm7 F7(4)(9) Com a transparência de um mar Bb7M Ela une todas as coisas Gm7 Quantos elementos vão lá Gm7/F Eb7M Sentimento fundo de água Eb Cm7 F7(4)(9) Com toda leveza do ar Bb7M Bb7M/9 Ela está em todas as coisas F/A Gm7 Até no vazio que me dá Gm7/F Eb7M Dm7 Quando vejo a tarde cair Cm7 F7(4)(9) E ela não está Gm7 Gm9 Talvez ela saiba de cor Gm/F Eb7M Tudo que eu preciso sentir C#7M Pedra preciosa de olhar Cm7 Dm7 Ebm7 F7(4)(9) Bb7M F7(4)(9) Ela só precisa existir, Para me completar Gm7 Gm7/F Eb7M Ela une o mar com o meu olhar Eb7M/6 C7(9) Eb7(9) F7(4)(9) Ela só precisa existir pra me completar Gm7(9) Gm9/F Eb7M Ela une o mar com o meu olhar Eb7M/6 C7(9) Eb7(9) F7(4)(9) Ela só precisa existir pra me completar Bb7M Ela une as quatro estações F/A Gm7 Une dois caminhos num só

Gm7/F Eb7M Sempre que eu me vejo perdido Bb/D Cm7 F7(4)(9) Une amigos ao meu redor Bb7M/9 Ela está em todas as coisas F/A Gm7 Até no vazio que me dá Gm7/F Eb7M Dm7 Quando vejo a tarde cair Cm7 F7(4)(9) E ela não está Gm7 Talvez ela saiba de cor Eb7M Tudo que eu preciso sentir Db7M Pedra preciosa de olhar Cm7 Dm7 Ela só precisa existir Ebm7 F7(4)(9) Bb7M F7(4)(9) Para me completar Gm7(9) Eb7M Ela une o mar com o meu olhar C7(9) Eb7(9) F7(4)(9) Ela só precisa existir pra me completar Gm7(9) Eb7M Ela une o mar com o meu olhar C7(9) Eb7(9) F7(4)(9) Ela só precisa existir pra me completar Gm7(9) Eb7M Une o meu viver com o seu viver C7(9) Eb7(9) F7(4)(9) Ela só precisa existir para me completar Gm7(9) Eb7M Ela une o mar com o meu olhar C7(9) Eb7(9) F7(4)(9) Ela só precisa existir pra me completar

Que Sorte a Nossa Matheus e Kauan

Tom: G Intro: G C9 G Diz que pensa tanto em mim Que tá querendo me ver C9 Diz que tá me lembrando bastante Acredito em você G Tô sabendo de tudo Tô lendo seus recados C9 Minhas fotos que você curtiu Tô seguindo você G E aí C9 O que é que a gente vai fazer Em7 D9 Diz aí, se você quer C9 E eu também tô querendo você G Tantos sorrisos por aí Você querendo o meu C9 Tantos olhares me olhando E eu querendo o seu Em7 D9 Eu não duvido, não C9 Que não foi por acaso Se o amor bateu na nossa porta Que sorte a nossa

Chuva de Arroz Luan Santana

Tom: D Intro: Em G Bm A Em G Oh oh oh oh Bm A Oh oh oh oh Em G Não mudei de cidade, nem de telefone Bm A Só escolhi ser feliz Em G É o mesmo endereço, mesmo apartamento Bm A Em frente à igreja matriz Bm Por isso todo mundo passa G D A E quem nunca passou vai passar Bm Já tô dizendo aos meus amigos G D Calma, que eu não vou pirar A Já pirei G A9 Me apaixonei perdidamente G E o que eu sei A9 É que daqui pra frente Em G Vai ser nossa cidade, nosso telefone Bm A Nosso endereço, nosso apartamento Em G Sabe aquela igreja, tô aqui na frente Bm A Imaginando chuvas de arroz na gente Em G Bm A9 Oh oh oh oh Em G Oh oh oh oh Bm A9 Oh oh oh oh

Hoje a Noite Não Tem Luar Legião Urbana Intro: G G Am7 G/B Ela passou do meu lado C D Oi , amor - eu lhe falei G Am7 G/B Você está tão sozinha C D Ela então sorriu pra mim B7 Em Foi assim que a conheci C G/B naquele dia junto ao mar Am7 D G D9/F# Em As ondas vinham beijar a praia C D G D/F# Em O sol brilhava de tanta emo______ção C D G D/F# Em Um rosto lindo como o ve_______rão C D G Am G/B C D E um beijo aconteceu. G Am7 G/B Nos encontramos à noite C D Passeamos por ai G Am7 G/B E num lugar escondido C D Outro beijo lhe pedi B7 Em lua de prata no céu C G/B O brilho das estrelas no chão Am7 D G D/F# Em tenho certeza que não sonh____ava C D G D/F# Em A noite linda conti__nu______ava C D G D/F# Em E a voz tão doce que me fal_____ava C D G DGD O mundo pertence a nós. C G Hoje à noite não tem luar D G C G E eu estou sem ela Já não sei onde procurar D G Não sei onde ela está C G Hoje à noite não tem luar D G E eu estou sem ela C G Já não sei onde procurar D G Onde esta meu amor?

Am7 G/B C D

Preta Perfeita Lucas e Orelha

Intro: F#m D A E Uhuuuuuu F#m D Ela vem com seu jeitinho (oh) A Me trata com carinho (oh) E Me chama de benzinho Oh, oh, oh F#m D Cabelo enrolado A Todo encaracolado E Me deixa amarrado Eêêê F#m D E mexe comigo A Ela é um perigo E Não faz isso comigo, não F#m D Preta, da cor do pecado A Estou apaixonado E Totalmente bolado F#m D Preta perfeita A E Dona do meu coração F#m D Preta, que mexe comigo A Ela é um perigo E Não faz isso comigo,não

Quando a Chuva Passar Ivete Sangalo

Pra que falar Se você não quer me ouvir? Fugir agora não resolve nada Mas não vou chorar Se você quiser partir Às vezes a distância ajuda E essa tempestade Um dia vai acabar Só quero te lembrar De quando a gente Andava nas estrelas Nas horas lindas Que passamos juntos A gente só queria amar e amar E hoje eu tenho certeza A nossa história não Termina agora E essa tempestade Um dia vai acabar Quando a chuva passar Quando o tempo abrir Abra a janela e veja Eu sou o sol Eu sou céu e mar Eu sou céu e fim E o meu amor é imensidão Só quero te lembrar De quando a gente Andava nas estrelas Nas horas lindas Que passamos juntos A gente só queria amar e amar E hoje eu tenho certeza A nossa história não Termina agora Pois essa tempestade Um dia vai acabar

De Janeiro a Janeiro (part. Nando Reis) Roberta Campos

A D Não consigo olhar no fundo dos seus olhos Bm E enxergar as coisas que me deixam no ar E E4 E Deixam no ar A D As várias fases, estações que me levam com o vento Bm E E4 E o pensa__mento bem devagar F#m D Outra vez, eu tive que fugir E A Eu tive que correr, pra não me entregar F#m D As loucuras que me levam até você E A Fazem esquecer que eu não posso chorar A D Olhe bem no fundo dos meus olhos Bm E sinta a emoção que nascerá E Quando você me olhar A O universo conspira a nosso favor D A consequência do destino é o amor Bm E Pra sempre, vou te amar F#m D Mas, talvez você não entenda, E A Essa coisa de fazer o mundo acredi__tar F#m D Que meu amor não será passageiro E Te amarei de janeiro a janeiro A Até o mundo acabar D D5(9) A A5(9) Até o mundo acabar D D5(9) A A5(9) Até o mundo acabar D D5(9) A A5(9) D D5(9) Até o mundo acabar...

Tudo Diferente Maria Gadú Compositor: André Carvalho

Todos caminhos trilham pra a gente se ver
 Todas trilhas caminham pra gente se achar, viu?
 Eu ligo no sentido de meia verdade
 Metade inteira chora de felicidade
 


A qualquer distância o outro te alcança 
 Erudito som de batidão
 Dia e noite céu de pé no chão
 O detalhe que o coração atenta
 


Todos caminhos trilham pra a gente se ver
 Todas trilhas caminham pra gente se achar, né?
 Eu ligo no sentido de meia verdade
 Metade inteira chora de felicidade
 


A qualquer distância o outro te alcança 
 Erudito som de batidão
 Dia e noite céu de pé no chão
 O detalhe que o coração atenta
 
 


A qualquer distância o outro te alcança 
 Erudito som de batidão
 Dia e noite céu de pé no chão
 O detalhe que o coração atenta
 


Você passa, eu paro
 Você faz, eu falo
 Mas a gente no quarto sente o gosto bom que o oposto tem
 Não sei, mas sinto, uma força que embala tudo
 Falo por ouvir o mundo, diferente de um jeito bate
 


Todos caminhos trilham pra a gente se ver
 Todas trilhas caminham pra gente se achar, viu?
 Eu ligo no sentido de meia verdade
 Metade inteira chora de felicidade
 A qualquer distância o outro te alcança 
 Erudito som de batidão
 Dia e noite céu de pé no chão
 O detalhe que o coração atenta

Malandragem

Intro: Dm Bb C

Cássia Eller Dm Quem sabe eu ainda sou C uma garotinha Gm Dm Esperando o ônibus da escola sozinha C Cansada com minhas meias três quartos Gm Dm Rezando baixo pelos cantos C Bb Por ser uma menina má Dm C Quem sabe o príncipe virou um chato Gm Dm Que vive dando no meu saco C Bb Quem sabe a vida é não sonhar Refrão: Dm C Eu só peço a Deus F G Um pouco de malandragem Dm C Pois sou criança F G E não conheço a verdade Bb C Dm Eu sou poeta e não aprendi a amar (2x) C Bobeira não viver a realidade Gm Dm E eu ainda tenho uma tarde inteira G F C Dm Eu ando nas ruas eu troco o cheque Bb Dm Mudo uma planta de lugar G F C Dm Dirijo o meu carro, tomo o meu pileque Bb Dm E ainda tenho tempo pra cantar Repete o Refrão: Dm C Eu só peço a Deus F G Um pouco de malandragem Dm C Pois sou criança F G E não conheço a verdade Bb C Dm Eu sou poeta e não aprendi a amar (2x) Repete a Segunda Parte:

Semente do Amanhã Gonzaguinha

Ontem um menino que brincava me falou que hoje é semente do amanhã... Para não ter medo que este tempo vai passar... Não se desespere não, nem pare de sonhar Nunca se entregue, nasça sempre com as manhãs... Deixe a luz do sol brilhar no céu do seu olhar! Fé na vida Fé no homem, fé no que virá! nós podemos tudo, Nós podemos mais Vamos lá fazer o que será

Sosseguei Jorge e Mateus

Introdução: G D Em7 C G Tô virado já tem uns três dias D Tô bebendo o que eu jamais bebi Em Vou falar o que eu nunca falei C É a primeira e a última vez Segunda Parte: G Eu sosseguei D Ontem foi a despedida Da balada, dessa vida de solteiro Em Eu sosseguei C Mudei a rota e meus planos G E o que eu tava procurando, eu achei D Em vo___cê G Se quer cinema eu sou par perfeito D Quer curtir balada, já tem seu parceiro Em Ou ficar em casa amando o dia inteiro C Dividir comigo o seu brigadeiro G E nessa vida agora somos dois Três, quatro D Quantos você quiser Em A partir de hoje eu sou C O homem de uma só mulher

Nosso Santo Bateu Matheus e Kauan C As vezes acho que devia Em Te dizer mais vezes Que te amo e que te quero F Mais que qualquer coisa C Por essa noite vem morar aqui Tem gente que chega e muda Em Os planos da gente Em E que faz a nossa vida F Caminhar pra frente C Agora sim eu sei pra onde ir F E dessa vida nada se leva G E no fundo todo mundo espera C Um amor que venha pra somar Dm F Am G Pra com....ple....tar F O nosso santo bateu G O amor da sua vida sou eu C E tudo que é meu hoje é seu F E o fim nem precisa rimar F O nosso santo bateu G O amor da sua vida sou eu C E tudo que é meu hoje é seu F E o fim nem precisa rimar F E dessa vida nada se leva……………….

Força e Vitória Padre Marcelo Rossi

Intro: Bm G Em F# Bm Em A Todo joelho se dobrará D A/C# Bm E toda língua proclama..rá Em F# Bm Que Jesus Cristo é o Senhor (2x) Em D A Nada poderá me abalar D A/C# Bm Nada poderá me derrotar Em F# Pois minha força e vitória Bm Tens um nome A/C# B É Jesus Em D A Nada poderá me abalar D A/C# Bm Nada poderá me derrotar Em F# Pois minha força e vitória Bm É Jesus Em A Quero viver tua palavra D A/C# Bm Quero ser cheio do teu espírito Em F# Bm Mas só te peço, livra-me do mal (2x) Em A Bm Jesus! Jesus! Jesus!

What Are Words Chris Medina Tom: C Intro: F G C (C/E) F F G C Verso 1: F G C ( C/E ) F Anywhere you are, I am near, anywhere you go, I'll be there G Am ( Asus2 Am ) Anytime you whisper my name, you'll see F G C ( C/E ) F How every single promise I'll keep, 'cause what kind of guy would I be G C If I was to leave when you need me most Refrão: F G Cadd9 What are words if you really don't mean them when you say them? F G Am What are words? If they're only for good times, then they're torn F G When it's love, yeah, you say them out loud, those words Cadd9 G Am They never go away Em F G They live on, even when we're gone Verso 2: F G C ( C/E ) F And I know an angel was sent just for me, and I know I'm meant G Am ( Asus2 Am ) To be where I am, and I'm gonna be F G C ( C/E ) F Standing right beside her tonight, and I'm gonna be by your side G C I would never leave when she needs me most Refrão: F G Cadd9 What are words if you really don't mean them when you say them? F G Am What are words? If they're only for good times, then they're torn F G When it's love, yeah, you say them out loud, those words Cadd9 G Am They never go away Em F G They live on, even when we're gone

Verso 3: F G C ( C/E ) F Anywhere you are, I am near, anywhere you go, I'll be there G Am ( Asus2 Am ) And I'm gonna be here forever more F G C ( C/E ) F Every single promise I'll keep, 'cause what kind of guy would I be G C If I was to leave when you need me most Outro: C I'm forever keeping my angel close.

Destino Lucas Lucco Tom: C Intro: F7M Dm7 Am G F7M O destino deve estar nos olhando Dm7 Com aquela cara de quem diz Am G Eu tentei juntar vocês dois F7M O destino deve estar nos olhando Dm7 Decepcionado Am G Que pena, que pena F7M Que a gente estragou tudo Dm7 Porque pensamos tanto em ser perfeitos Am G E os perfeitos não sabem amar F7M A gente estragou tudo Dm7 Por apontarmos tanto os nossos erros Am G Os erros vão sempre estar aqui F9 O destino deve estar nos olhando Dm Com aquela cara de quem diz Am7 G Eu tentei juntar vocês dois F9 O destino deve estar nos olhando Dm Decepcionado Am7 G Que pena, que pena

F9 O destino deve estar nos olhando Dm Com aquela cara de quem diz Am7 G Eu tentei juntar vocês dois F9 O destino deve estar nos olhando Dm Decepcionado Am7 G Que pena, que pena F9 Dm Am7 G Ôôô... Aahh... Primeira Parte: F9 Que a gente estragou tudo Dm Porque pensamos tanto em ser perfeitos Am7 G E os perfeitos não sabem amar F9 A gente estragou tudo Dm Por apontarmos tanto os nossos erros Am7 G E os erros vão sempre estar aqui Segunda Parte: F G Am7 C9 Não foi amor Dm C/E F G E o que faltou Am7 Foi o que então G Não me pergunte não F G Am7 C9 Não foi amor

Dm C/E F G E o que faltou Am7 Foi o que então G Não me pergunte não Refrão: F7M O destino deve estar nos olhando Dm7 Com aquela cara de quem diz Am G Eu tentei juntar vocês dois F7M O destino deve estar nos olhando Dm7 Decepcionado Am G Que pena, que pena

Pra Te Fazer Lembrar Lucas Lucco

Bm13- C4(9) G7M D/F#Em7(9) C4(9) G7M D5

Em7(9) C4(9) Tá tão difícil pra você também né G7M Com o coração vazio, mas sempre de pé D/F# Buscando alguma direção Em7(9) C4(9) Quantas vezes você me escreveu e não mandou G7M Pegou o telefone e não ligou D/F# Partiu seu próprio coração Am G/B C Eu tenho uma má notícia pra te dar G Isso não vai passar tão cedo D Não adianta esperar Am G/B Às vezes ficamos bem C Mas depois vem o desespero G D Eu tento esconder C D Mas vi que pensei em você o dia inteiro Refrão: Em7(9) C4(9) G7M Mas sempre haverá uma data, palavra, um olhar D/F# Um filme, uma música, pra te fazer lembrar Em7(9) C4(9) Um perfume, um abraço G7M Um sorriso só pra atrapalhar D/F# Só pra te fazer lembrar de mim Repete Intro: Em7(9) C4(9) G7M D5 Terceira Parte: Em7(9) C4(9) Tá tão difícil pra você também né

G7M Com o coração vazio, mas sempre de pé D/F# Buscando alguma direção Em7(9) C4(9) Quantas vezes você me escreveu e não mandou G7M Pegou o telefone e não ligou D/F# Partiu seu próprio coração Am G/B C Eu tenho uma má notícia pra te dar G Isso não vai passar tão cedo D Não adianta esperar Am G/B Às vezes ficamos bem C Mas depois vem o desespero G D Eu tento esconder Am Mas vi que pensei em você o dia inteiro Segundo Refrão: Em C9 G Mas sempre haverá uma data, palavra, um olhar D Um filme, uma música, pra te fazer lembrar Em C9 Um perfume, um abraço G Um sorriso só pra atrapalhar D Só pra te fazer Em C9 G Mas sempre haverá uma data, palavra, um olhar D Um filme, uma música, pra te fazer lembrar Em C9 Um perfume, um abraço G Um sorriso só pra atrapalhar D Am G/B C Só pra te fazer lembrar de mim G D/F# Só pra te fazer lembrar de mim Em7(9) C9 G7M Mas sempre haverá uma data, palavra, um olhar

D Um filme, uma música, pra te fazer lembrar C Um perfume, um abraço D Um sorriso só pra atrapalhar Am G/B C Só pra te fazer lembrar de mim Em D/F# só pra te fazer lembrar de mim C4(9) G7M Só pra te fazer lembrar de mim

Zero a Dez Ivete Sangalo

G Bm Numa escala zero a dez eu te dou cem Am D e cem parece pouco pra você G Bm Mais de um milhão de corações eu quero um Am D D#° E o seu é o bastante pra eu viver Em Bm Deixa eu te levar para ver as flores C G B7 Colorir nosso jardim de amor Em Bm Enquanto o céu vai misturando as cores C D A gente ama até o sol se pôr G Bm C Bm É você, só você que sabe me fazer feliz C Bm Que chega em meu ouvido e diz Am Am/G D/F# D Que o meu desejo é desejar você G Bm C Bm É você, só você que sabe me fazer feliz C Bm Que chega em meu ouvido e diz Am D G Que o meu desejo é desejar você

Trem-Bala Ana Vilela A9 Não é sobre ter D9 Todas as pessoas do mundo pra si A9 É sobre saber E Que em algum lugar alguém zela por ti A9 É sobre cantar e poder escutar D9 Mais do que a própria voz A9 É sobre dançar E Na chuva de vida que cai sobre nós D9 É saber se sentir infinito E Num universo tão vasto e bonito A9 É saber sonhar D9 Então fazer valer a pena E Cada verso daquele poema A9 Sobre acreditar Não é sobre chegar D9 No topo do mundo e saber que venceu A9 É sobre escalar E E sentir que o caminho te fortaleceu A9 É sobre ser abrigo D9 E também ter morada em outros corações A9 E assim ter amigos E Contigo em todas as situações D9 A gente não pode ter tudo E Qual seria a graça do mundo A9 Se fosse assim

D9 Por isso eu prefiro sorrisos E E os presentes que a vida trouxe A9 Pra perto de mim Não é sobre tudo D9 Que o seu dinheiro é capaz de comprar A9 E sim sobre cada momento E Sorriso a se compartilhar A9 Também não é sobre Correr contra o tempo D9 Pra ter sempre mais A9 Porque quando menos se espera E A vida já ficou pra trás D9 Segura teu filho no colo E Sorria e abraça os teus pais A9 Enquanto estão aqui D9 Que a vida é trem bala, parceiro E E a gente é só passageiro A9 Prestes a partir D9 E A9 Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá D9 E A9 Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá D9 Segura teu filho no colo E Sorria e abraça os teus pais A9 Enquanto estão aqui D9 Que a vida é trem bala, parceiro E E a gente é só passageiro A9 Prestes a partir

Medo Bobo Maiara e Maraisa Intro 2x: D/A E9 F#m7 A D/A E9 Ah, esse tom de voz eu reconheço F#m7 Mistura de medo e desejo A Tô aplaudindo a sua coragem de me ligar D/A E9 Eu pensei que só tava alimentando F#m7 Uma loucura da minha cabeça A Mas quando ouvi sua voz D/A Respirei aliviado E9 F#m7 Tanto amor guardado tanto tempo A A gente se prendendo à toa D/A Por conta de outra pessoa E9 F#m7 A Só da pra saber se acontecer Refrão: D/A E9 É, e na hora que eu te beijei F#m7 Foi melhor do que eu imaginei A Se eu soubesse tinha feito antes D/A No fundo sempre fomos bons amantes E9 E na hora que eu te beijei F#m7 Foi melhor do que eu imaginei

A Se eu soubesse tinha feito antes D/A E9 No fundo sempre fomos bons amantes F#m7 A No fundo sempre fomos bons amantes D/A É o fim daquele medo bobo E9 F#m7 Tanto amor guardado tanto tempo A A gente se prendendo à toa D/A Por conta de outra pessoa E9 F#m7 A Só da pra saber se acontecer Refrão: D/A E9 É, e na hora que eu te beijei F#m7 Foi melhor do que eu imaginei A Se eu soubesse tinha feito antes D/A No fundo sempre fomos bons amantes E9 E na hora que eu te beijei F#m7 Foi melhor do que eu imaginei A Se eu soubesse tinha feito antes D/A E9 No fundo sempre fomos bons amantes F#m7 A No fundo sempre fomos bons amantes D/A É o fim daquele medo bobo E9 F#m7 É o fim daquele medo bobo

Taquitá Claudia Leitte Dm F Eu to pronta pra descer do salto C O cabelo já tá bagunçado Meu rebolado merece aplauso Dm Ai ai ai ai F E eu imaginando a gente C No transe de um beijo quente Corre esse risco Foge comigo Dm Pra outro lugar F Olha como eu amo dançar O meu corpo não quer mais parar C Rebola Rebola Rebola Dm Alucino no seu reggaeton F Vou descendo com o dedo na boca C Tô louca Tô louca Dm Eta Taquitá F Chalalalala chalalalala C Arrasando, causando, pulando, dançando Te olhando pra te provocar Dm Taquitá F Chalalalala chalalalala C Tô querendo amor Tô querendo amar

O Doce Ivete Sangalo

Bb Cm7 Não se vá Que a gente é par Nós somos céu e mar Não deixe o nosso amor fugir Vem tomar um guaraná Bater um papo já Na rua pra se distrair Eb Não invente compromisso Ebm Acho bom parar com isso Bb Tem alguém que te quer (Tem alguém que te quer) Eb Não me responsabilizo Ebm Tudo a ver você comigo F Sem você tudo é pequeno G Tudo fica mais ou menos C Em Ah, vem cá F Não tira o doce da boca G Da sua criança C Em Ah, vem cá F Não tira o doce da boca G De quem te ama

Vai Vendo Lucas Lucco Dm Você achou que eu ia sofrer Bb9 Mas eu tinha meu plano b C Sabe de nada Am7 A minha agenda tava disfarçada Dm Lugar de homem era mulher Bb9 Restaurante era cabaré C Am7 Sabe de nada, foi enganada Dm Você achou que eu ia sofrer Bb9 Mas eu tinha meu plano b C Sabe de nada Am7 A minha agenda tava disfarçada Dm Lugar de homem era mulher Bb9 Restaurante era cabaré C Sabe de nada, foi enganada F G Comprou essa ilusão C Achou que eu ia me afundar na solidão. Esse arrocha é pra você C Que achou que eu tava aqui sofrendo Vai vendo Dm Eu tô no solto na balada C Aqui o coro tá comendo Vai vendo Dm Enquanto você ta em casa C Eu tô aqui no bar bebendo Vai vendo Dm Postando fotos com as gatas C Pra você ficar sabendo Vai vendo, vai vendo

Acordando o Prédio Luan Santana E A9 Aonde foi parar o seu juízo? E Já são quatro da manhã A9 Daqui a pouco liga o síndico C#m A9 Será que tem como a moça gritar baixinho? B9 Sei que tá bom, mas as paredes têm ouvido A9 (batidas pra baixo seguida de pausa) E era pra ser escondido, já que não é mais C#m Vamo acordar esse prédio A9 Fazer inveja pro povo B9 Enquanto eles tão indo trabalhar C#m A gente faz amor gostoso de novo Vamo acordar esse prédio A9 Fazer inveja pro povo B9 Enquanto eles tão indo trabalhar C#m A gente faz amor gostoso de novo (e de novo, de novo) Deixa o mundo saber baby como você é E os problemas a gente resolve depois, né? Porque quando você desce a lua também desce Pra ver já me ganhou,agora é só me levar pra você

Alô! Alô! Marciano Rita Lee Esta versão esta um pouco simplificada, mas nõ deixa de estar certa. Rita Lee e Roberto de Carvalho Bm7 F#m Alô, alô marciano Aqui quem fala é da Terra Pra variar estamos em guerra Você não imagina a loucura O ser humano está na maior fissura porque... Bm7 B9 B7 Tá cada vez mais down o high society Em A7 D7+ Bm7 Down, down, down o high society C#m F# D B7 Down, down, down o high society Em F# Down,down,down Alô, alô marciano A crise tá virando zona Cada um por si, todo mundo na lona E lá se foi a mordomia Tem muito rei aí pedindo alforria porque... Alô, alô marciano A coisa está ficando ruça Muita patrulha,muita bagunça O muro começou a pichar Tem sempre um aiatolá pra atolar Alá!

Logo Eu Jorge e Mateus D Eu te vi e já te quis G Me vi tão feliz Bm A G Um amor que pra mim era sonho D G Surpreendente provar do que eu só ouvi falar Bm A5(9) G E você resolveu me mostrar Segunda Parte: Em Logo eu que nem pensava G D Eu não imaginava te merecer A5(9) E agora sou o dono desse amor Em G Eu nem quero saber por que D Eu só preciso viver A5(9) Em O resto dessa vida com você G D A5(9) Eie eie

Flor E O Beija-Flor Henrique e Juliano

Intro: C G Dm F C G Essa é uma velha história Am De uma flor e um beija-flor G/B C Que conheceram o amor G Am Numa noite fria de outono Dm E as folhas caídas no chão Am Da estação que não tem cor F E a flor conhece o beija-flor G E ele lhe apresenta o amor Dm E diz que o frio é uma fase ruim F Que ela era a flor mais linda do jardim Dm E a única que suportou G Merece conhecer o amor e todo seu calor C G Ai que saudade de um beija-flor Dm Que me beijou depois voou F Pra longe demais C Pra longe de nós G Saudade de um beija-flor Dm Lembranças de um antigo amor F O dia amanheceu tão lindo C G Dm F Eu durmo e acordo sorrindo

No Dia Em Que Eu Saí De Casa Zezé Di Camargo e Luciano

Intro: Bm E A E A A No dia em que eu saí de casa Minha mãe me disse D Filho, vem cá E Passou a mão em meus cabelos Olhou em meus olhos A Começou falar Por onde você for eu sigo A7 Com meu pensamento D Sempre onde estiver Em minhas orações A Eu vou pedir a Deus E A Que ilumine os passos seus D Eu sei que ela nunca compreendeu A Os meus motivos de sair de lá E Mas ela sabe que depois que cresce D O filho vira passarinho A E quer voar D Eu bem queria continuar ali A Mas o destino quis me contrariar E E o olhar de minha mãe na porta D Eu deixei chorando A A me abençoar. Intro: Bm E A E A

A A minha mãe naquele dia D Me falou do mundo como ele é E Parece que ela conhecia A Cada pedra que eu iria por o pé E sempre ao lado do meu pai A7 D Da pequena cidade ela jamais saiu Ela me disse assim: A Meu filho, vá com Deus E A Que esse mundo inteiro é seu D Eu sei que ela nunca compreendeu A Os meus motivos de sair de lá E Mas ela sabe que depois que cresce D O filho vira passarinho A E quer voar D Eu bem queria continuar ali A Mas o destino quis me contrariar E E o olhar de minha mãe na porta A Eu deixei chorando a me abençoar E E o olhar de minha mãe na porta A Eu deixei chorando a me abençoar E E o olhar de minha mãe na porta Eu deixei chorando A D/A E A A me abençoar

Xote Dos Milagres Falamansa

Intro 3x: G D Am C G D Am Escrevi seu nome na areia G D Am O sangue que corre em mim sai da tua veia G D Em C D Veja só você é a única que não me dá valor G D Am C Então por que será que este valor é o que eu ainda quero ter G D Em Tenho tudo nas mãos, mas não tenho nada. C D G Então melhor ter nada e lutar pelo que eu quiser G D Ê, mas péra aê. Am C D Ouça o forró tocando e muita gente aê G D Am Não é hora pra chorar Bm Am Porém não é pecado se eu falar de amor Bm Am Se eu canto sentimento seja ele qual for Bm Me leva onde eu quero ir C Se quiser também pode vir Bm Escuta o meu coração Am D G Que bate no compasso da zabumba de paixão G D Am C D G Ê pra surdo ouvir, pra cego ver que este xote faz milagre acontecer. G D Am C D G Ê pra surdo ouvir, pra cego ver que este xote faz milagre acontecer. G D Am C D G Ê pra surdo ouvir, pra cego ver que este xote faz milagre acontecer. G D Am C D G Ê pra surdo ouvir, pra cego ver Falamansa faz milagre acontecer.

Xote da Alegria Fala Mansa ( G D Em D ) (2x) G D Em Bm C Se um dia alguém mandou ser o que sou e que gostar G D não sei quem sou e vou mudar G e ser aquilo que eu sempre quis D Em Bm C E se acaso você diz que sonha um dia em ser feliz G D D C# C vê se fala sé...rioooooooooo G D D C# C Pra que chorar sua mágoa? G D D C# C Se afogando em agonia G D D C# C Contra a tempestade em copo d'água G Am Bm C D Dance o xote da alegria aaah haa hei hei G D Em um dêrum dêrum dêrum dêrum dererê um dêrum dêrum Bm C G D dêrum oi iê iê um dêrum dêrum derêrê ( G D Em D ) (2x) G D D C# C Pra que chorar sua mágoa? G D D C# C Se afogando em agonia G D D C# C Contra a tempestade em copo d'água G Am Bm C D Dance o xote da alegria aaah haa hei hei G D Em um dêrum dêrum dêrum dêrum dererê um dêrum dêrum Bm C G D dêrum oi iê iê um dêrum dêrum derêrê

Rindo A Toa Falamansa Tom: G Intro: G D Em Em C D G D G D Em Tô numa boa, tô aqui de novo Em C Daqui não saio, daqui não me movo D G Tenho certeza, este é o meu lugar D Ah ah G D Em Tô numa boa, tô ficando esperto Em C Já não pergunto se isso tudo é certo D G Uso esse tempo pra recomeçar D Ah ah C G D (D Db C) Doeu, doeu, agora não dói, não dói, não dói C G D (D Db C) Chorei, chorei agora não choro mais C Toda mágoa que passei G (G G#) É motivo pra comemorar A Pois se não sofresse assim D Não tinha razões pra cantar G D Há há há há há Em Mas eu tô rindo à toa Em D Não que a vida esteja assim tão boa C D G Mas um sorriso ajuda a melhorar D Ah ah G D Em E cantando assim parece que o tempo voa Em D quanto mais triste mais bonito soa C D G eu agradeço por poder cantar D G lalaia laia laia iô!!!

Esperando na Janela Gilberto Gil Intro: B E B E E Ainda me lembro do seu caminhar B E Do seu jeito de olhar eu me lembro bem B Fico querendo sentir o seu cheiro E E daquele jeito que ela tem B O tempo todo eu fico feito tonto E Sempre procurando mas ela não vem B Esse aperto no fundo do peito E Desses que o sujeito não pode aguentar B Esse aperto aumenta o meu desejo A B E A E E eu não vejo a hora de poder lhe falar Fº F#m Por isso eu vou na casa dela B E Falar do meu amor pra ela, ai, ai F#m Tá me esperando na janela B E Não sei se vou me segurar Fº F#m Por isso eu vou na casa dela B E Falar do meu amor pra ela, ai, ai F#m Tá me esperando na janela B E Não sei se vou me segurar

O Neném Trio Nordestino D Bm F#m G A D G D D G Você faz de mim neném F#m Você me bota no colo Bm Em Me dá tudo que eu quero A D Cuida bem do que é seu D G Você faz de mim neném F# Bm Me cobrindo de carinho A Sou igual a um passarinho D Que eu sua gaiola me prendeu Em D Vou gritar pra todo mundo Em A D Porque até agora não nasceu Bm F#m G Um neném bonitim, safadim, A D Sem vergonha como eu D G Você faz de mim neném F#m Quando a gente tá na cama Bm Em Você fala que me ama A D Diz que tudo aquilo é meu G Você faz de mim neném F# Bm Molequinho tão dengoso A E eu fico curioso D Porque você me prometeu Em D Um neném pra nossa casa Em A D Mas é que até agora não nasceu Bm F#m G Um neném bonitim, safadim, A D Sem vergonha como eu.

Você Não Vale Nada Calcinha Preta

(intro) Cm Bb Cm Ab G Cm Cm Bb Cm Ab G Cm Cm G Você não vale nada, mas eu gosto de você! Cm Você não vale nada, mas eu gosto de você! G Tudo que eu queria era saber por que Tudo que eu queria era saber por que Ab G Você não vale nada, mas eu gosto de você! Cm Você não vale nada, mas eu gosto de você! G Tudo que eu queria era saber por que Cm Tudo que eu queria era saber por que Bb Eb Você brincou comigo, bagunçou a minha vida. G Cm Esse sofrimento não tem explicação. Bb Eb Já fiz de quase tudo tentando te esqueçer. G Cm Vendo a hora morrer não posso me acabar na mão. Bb Eb Seu sangue é de barata, a Boca é de vampiro. G Cm Um dia eu lhe tiro de vez meu coração. Bb Eb Aí já não lhe quero Amor me dê ouvidos G Cm Dm Por favor me perdoa tô morrendo de paixão Eb Bb Eu quero ver você sofrer Fm Cm Só pra deixar de ser ruim Ab Fm Eu vou fazer você chorar, se humilhar G Ficar correndo atrás de mim Eb Bb Eu quero ver você sofrer

Eb Fm Bb

Fm Cm Só pra deixar de ser ruim Ab Fm Eu vou fazer você chorar, se humilhar G Ficar correndo atrás de mim (refrão) (intro 1x) (refrão) Cm Dm

Eb Fm Bb

Eb Bb Eu quero ver você sofrer Fm Cm Só pra deixar de ser ruim Ab Fm Eu vou fazer você chorar, se humilhar G Ficar correndo atrás de mim Eb Bb Eu quero ver você sofrer Fm Cm Só pra deixar de ser ruim Ab Fm Eu vou fazer você chorar, se humilhar G Ficar correndo atrás de mim (refrão) (intro 2x)

Menino da porteira Sérgio Reis A Toda vez que eu viajava E Pela estrada de Ouro Fino De longe eu avistava A A figura de um menino Que corria abrir a porteira E Depois vinha me pedindo Toque o berrante seu moço D E A Que é pra eu ficar ouvindo D Quando a boiada passava E E a poeira ia baixando Eu jogava uma moeda A Ele saia pulando Obrigado boiadeiro E Que Deus vá lhe acompanhando Pra aquele sertão afora D E A (E A E A E A E A E A) Meu berrante ia tocando A No caminho desta vida E Muito espinho eu encontrei Mas nenhum caso mais fundo A Do que isso que eu passei Na minha viagem de volta E Qualquer coisa eu cismei Vendo a porteira fechada D E A O menino não avistei

D Apeei do meu cavalo E Num ranchinho à beira chão Vi uma mulher chorando A Quis saber qual a razão Boiadeiro veio tarde E Veja a cruz no estradão Quem matou o meu filhinho D E A (E A E A E A E A E A) Foi um boi sem coração A Lá pra banda de Ouro Fino E Levando gado selvagem Quando passo na porteira A Até vejo a sua imagem O seu rangido tão triste E Mais parece uma mensagem Daquele rosto trigueiro D E A desejando-me boa viagem D A cruzinha do estradão E Do meu pensamento não sai Eu já fiz um juramento A Que não esqueço jamais Nem que o meu gado estoure E Que eu precise ir atrás Nesse pedaço de chão D E A Berrante eu não toco mais (EAEAEAEAEA)

Despacito Luis Fonsi

Bm G Sí, sabes que ya llevo rato mirándote D A Tengo que bailar contigo hoy Bm G Vi que tu mirada ya estaba llamándome D A Muéstrame el camino que yo voy Bm G Tú, tú eres el imán y yo soy el metal D Me voy acercando y voy armando el plan A Solo con pensarlo se acelera el pulso (Oh yeah) Bm G Ya, ya me está gustando más de lo normal D Todos mis sentidos van pidiendo más A Esto hay que tomarlo sin ningún apuro A A4 Bm Despacito G Quiero respirar tu cuello despacito D Deja que te diga cosas al oído A Para que te acuerdes si no estás conmigo A A4 Bm Despacito G Quiero desnudarte a besos despacito D Firmo en las paredes de tu laberinto A Y hacer de tu cuerpo todo un manuscrito Bm G Quiero ver bailar tu pelo quiero ser tu ritmo D Que le enseñes a mi boca A Tus lugares favoritos (favorito, favorito baby)

Bm G Déjame sobrepasar tus zonas de peligro D Hasta provocar tus gritos A Y que olvides tu apellido Bm Si te pido un beso ven dámelo Yo sé que estás pensándolo G Llevo tiempo intentándolo Mami, esto es dando y dandolo D D D Sabes que tu corazón conmigo te hace bom-bom A A A Sabes que esa beba está buscando de mi bom-bom Bm Ven prueba de mi boca para ver como te sabe G Quiero, quiero, quiero ver cuanto amor a ti te cabe D Yo no tengo prisa yo me quiero dar el viaje A Empecemos lento, después salvaje Bm Pasito a pasito, suave suavecito G Nos vamos pegando, poquito a poquito D cuando tú me besas con esa destreza A Veo que eres malicia con delicadeza Bm Pasito a pasito, suave suavecito G Nos vamos pegando, poquito a poquito D Y es que esa belleza es un rompecabezas A Pero pa' montarlo aquí tengo la pieza A A4 Bm Despacito G Quiero respirar tu cuello despacito D Deja que te diga cosas al oído

A Para que te acuerdes si no estás conmigo A A4 Bm Despacito G Quiero desnudarte a besos despacito D Firmo en las paredes de tu laberinto A Y hacer de tu cuerpo todo un manuscrito Bm G Quiero ver bailar tu pelo quiero ser tu ritmo D Que le enseñes a mi boca A Tus lugares favoritos (favorito, favorito baby) Bm G Déjame sobrepasar tus zonas de peligro D Hasta provocar tus gritos A Y que olvides tu apellido A A4 Bm Despacito G Vamos a hacerlo en una playa en Puerto Rico D Hasta que las olas griten Ay Bendito A Para que mi sello se quede contigo Bm Pasito a pasito, suave suavecito G Nos vamos pegando, poquito a poquito D Que le enseñes a mi boca A Tus lugares favoritos (Favorito, favorito baby) Bm Pasito a pasito, suave suavecito G Nos vamos pegando, poquito a poquito D Hasta provocar tus gritos A Y que olvides tu apellido

Forró no Escuro Luiz Gonzaga Bm o candieiro se apagou C G O sanfoneiro cochilou C Am A sanfona não parou D G E o forró continuou………… Am Meu amor não vá simbora D Não vá simbora G Fique mais um bocadinho Um bocadinho Am Se você for seu nego chora D Seu nego chora G Vamos dançar mais um tiquinho Mais um tiquinho D Quando eu entro numa farra G Num quero sair mais não D Vou inté quebrar a barra G E pegar o sol com a mão

BIS……

Riacho do Navio Luiz Gonzaga

G Riacho do Navio Am Corre pro Pajeú D O rio Pajeú vai despejar G No São Francisco O rio São Francisco C Vai bater no mei' do mar D O rio São Francisco G Vai bater no mei' do mar G Se eu fosse um peixe Am Ao contrário do rio D Nadava contra as águas G E nesse desafio G Saía lá do mar pro C D Riacho do Navio D Saía lá do mar pro G Riacho do Navio G Pra ver o meu brejinho Am Fazer umas caçadas D Ver as "pegá" de bois G

Andar nas vaquejadas Dormir ao som do chocalho C E acordar com a passarada D Sem rádio e nem notícia G Das terra civilizada Am Sem rádio e nem notícias D G Das terras civilizadas

É de Dar Agua Na Boca Nando Cordel D A G D Bm É de dar água na boca, quando eu olho pra você F#m G D É de dar água na boca, quando eu olho pra você A O meu coração, coitado, fica logo acelerado, D Bm Fica doido de prazer (2x) (REPETE) F#m Tem dó de mim, G D não faz assim que dói de mais A Você comigo, é muito bom Bm D7 O teu amor é sempre mel G A D Sou uma estrela precisando do teu céu A Vem pros meus braços ser feliz D D7 Vem pro meu colo chamegar G A D Me dar um beijo, meu desejo é te amar (VOLTA)

Frevo Mulher Zé Ramalho Intro: Bm C Bm C Bm C Quantos aqui ouvem os olhos eram de fé Am Am/G Em Quantos elementos amam aquela mulher G D Em Quantos homens eram inverno outros verão F Em Outonos caindo secos no solo da minha mão Bm C Bm C Gemeram entre cabeças a ponta do esporão Am Am/G Em A folha do não-me-toque e o medo da solidão G D Em Veneno meu companheiro desata no cantador F Em E desemboca no primeiro açude do meu amor D É quando o tempo sacode a cabeleira Em A trança toda vermelha D D#º Em Um olho cego vagueia procurando por um

Andei Só Natiruts

C#m G#m7 Preciso demonstrar pra ela F#m7 B Que mereço seu tempo pra dizer C#m G#m7 Um pouco das ideias novas F#m7 B E os lugares onde viajei C#m G#m7 Se ela botar fé na minha história F#m7 B Que é de rocha e vem do coração C#m G#m7 Vou estender o pano mais bonito F#m7 B Feito na ilha de Madagascar C#m G#m7 Um Bob, um Djavan, um Jimmy na viola, F#m7 B Com humildade de quem sabe onde quer chegar C#m G#m7 Reparei a flor no seu vestido F#m7 B Só guerreiro de aurea boa pode merecer C#m G#m7 E ela parou, olhou, sorriu, F#m7 B C#m G#m7 Me deu um beijo e foi embora F#m7 B Não vi mais a gata mais tenho a minha gaita C#m G#m7 F#m7 B Pra me consolar C#m G#m7 F#m7 B An___dei só pela noite C#m A7M F#m7 B Cantei um Reggae pros cachorros na rua C#m G#m7 F#m7 B An___dei só pela noite C#m A7M F#m7 B Cantei um verso daquele velho samba pra lua C#m G#m7 F#m7 B An___dei só pela noite

TEXTO ABERTURA DO SHOW “NOVELAS” O rádio foi um poderoso meio de comunicação e no Brasil teve seu auge nas décadas de 1930 e 1940, na chamada Era Vargas. A primeira radionovela transmitida no país foi Em Busca da Felicidade, em 1941, pela Radio Nacional, alcançando grande sucesso. Dez anos depois, em 1951, seria transmitida a radionovela de maior sucesso no país: O Direito de Nascer, adaptação de Eurico Blanco para o texto cubano de Félix Cagnet, transmitida pela Radio Nacional. Neste mesmo ano estreava pela TV Tupi a primeira telenovela brasileira: Sua Vida Me Pertence, de Walter Foster. Doze anos depois, é exibida pela TV Excelsior a primeira telenovela diária, Ocupado. Em 1968, na TV Tupi, iria ao ar a telenovela que

mudou o conceito de como produzir e narrar novelas:

Beto Rockfeller, de Bráulio Pedroso. Neste período, a telenovela já é capaz de ditar modas, costumes, discussões e debates, causando média ou grande repercussão, decorrente de uma série de fatores. Entre todas as tendências que ela lança, uma das mais importantes são as músicas. Dentre os artistas que frequentemente estão em trilha sonoras estão Rita Lee, Caetano Veloso, Dalton, Zé Ramalho, Sandra de Sá e Roupa Nova.

Alegria, Alegria Caetano Veloso Intro - E A C# E A C# E A C# E A C# F# F# B C# F# Caminhando contra o vento, sem lenço sem documento B E C# No sol de quase dezembro, eu vou F# B C# F# O sol se reparte em crimes, espaçonaves, guerrilhas B E C# F# B C# B F# Em Cardinales bonitas, eu vou Em caras de presidentes B C# B F# B C# B F# Em grandes beijos de_amor Em dentes, pernas, bandeiras B C# B D#m G# D#m Bomba e Brigitte Bardot O sol nas bancas de revista G# D#m C# Me enche de alegria e preguiça Quem lê tanta notícia E B E F# B Eu vou, por entre fotos e nomes Os olhos cheios de cores E A C# F# B F# O peito cheio de amores vãos Eu vou, por que não, por que não? B C# F# Ela pensa em casamento, e eu nunca mais fui à escola B E C# F# B C# F# Sem lenço, sem documento, eu vou Eu tomo uma Coca-Cola, e ela pensa em casamento B E C# F# B C# B F# Uma canção me consola, eu vou Por entre fo..tos e nomes B C# B F# B C# B F# Sem livros e sem fu..zil Sem fome, sem te..le..fone B C# B D#m G# D#m No coração do Bra..sil Ela nem sabe até pensei G# D#m7 C# Em cantar na tele...visão O sol é tão bonito E B E F# B Eu vou, sem lenço, sem documento Nada no bolso ou nas mãos E A C# F# Eu quero seguir vivendo, amor Eu vou B F# B F# Por que não? Por que não? Por que não? Por que não? B F# Por que não? Por que não?

Me Namora Edu Ribeiro e Cativeiro

G C7/9 Lembro que te vi caminhar G Já havia um brilho no olhar C7/9 E junto com o sorriso seu G O teu olhar vem de encontro ao meu C7/9 E o meu dia se fez mais feliz G Mesmo sem você perto de mim C7/9 G Mesmo longe de mim C7/9 Eu fico o tempo todo a imaginar G O que fazer quando te encontrar C7/9 Mas se eu fizer o que vai dizer G Será que é capaz de entender C7/9 Mesmo se não for eu vou tentar G Vou fazer você me notar C7/9 Por isso eu vim aqui te dizer G Me namora C7/9 Pois quando eu saio sei que você chora G E fica em casa só contando as horas C7/9 Reclama só do tempo que demora G Abra os braços vem e me namora C7/9 Eu quero dar vazão ao sentimento G Mostrar que é lindo o que eu sinto por dentro

C7/9 Beleza é essa que eu te canto agora G Abra os braços vem e me namora. G C7/9 2x G C7/9 Eu penso estar vivendo uma ilusão G Sem saber se me quer ou não C7/9 Quem dera se a resposta fosse sim G Mas acho que ja nem liga pra mim C7/9 Se for assim o meu coração G Sofre só sem você em vão C7/9 G Bate mais triste então C7/9 Mas ele ainda pode se alegrar G Se de repente você reparar C7/9 Que com você também aconteceu G E sente amor tão grande quanto o meu C7/9 Abre os olhos veja quem te adora G E sonha com você no mundo a fora C7/9 G E volta só pra te dizer Me namora……………

Pescador de Ilusões

(O Rappa)

Am G Am Se meus joelhos não doessem mais Diante de um bom motivo G Am Que me traga fé, que me traga fé Se por alguns segundos G Am Eu observar, e só observar A isca e o anzol, a isca e o anzol G Am A isca e o anzol, a isca e o anzol Ainda assim estarei G Am Pronto pra comemorar Se eu me tornar menos faminto G Am G Que curioso, curioso O mar escuro trará o medo lado a lado Am G Com os corais mais coloridos C Am Valeu a pena, eh eh Valeu a pena, eh eh G Sou pescador de ilusões Sou pescador de ilusões bis Am Se eu ousar catar G Am Na superfície de qualquer manhã As palavras de um livro G Am G Sem final, sem final Sem final, sem final, final C Am Valeu a pena, eh eh Valeu a pena, eh eh G Sou pescador de ilusões Sou pescador de ilusões bi Am Se eu ousar catar G Na superfície de qualquer manhã Am As palavras de um livro G Sem final, sem final Am G Sem final, sem final, final Valeu a pena………..

Por Onde Andei Nando Reis

C Desculpe estou um pouco atrasado G Mas espero que ainda de tempo Dm F De dizer que andei errado e eu entendo C As suas queixas tão justificáveis G E a falta que eu fiz nessa semana Dm F Coisas que pareceriam óbvias até pra uma Criança C Por onde andei G Enquanto você me procurava Bb9 F E o que eu te dei, foi muito pouco ou Quase nada C G E que eu deixei, algumas roupas penduradas Bb9 F Será que eu sei que você mesmo é tudo C G Dm F Aquilo que me faltava? C Amor eu sinto a sua falta G E a falta é morte da esperança Dm Como o dia em que roubaram o seu carro F Deixou uma lembrança C Que a vida é mesmo coisa muito frágil G Uma bobagem uma irrelevância Dm F Diante da eternidade do amor, de quem se Ama C Por onde andei G Enquanto você me procurava Bb9 F

E o que eu te dei, foi muito pouco ou Quase nada C G E que eu deixei, algumas roupas penduradas Bb9 F Será que eu sei que você é mesmo tudo C G Dm F Aquilo que me faltava?

Era Uma Vez Kell Smith Intro D D4 D Era uma vez D4 O dia em que todo dia era bom D Delicioso gosto e o bom gosto D4 Das nuvens serem feitas de algodão A Dava pra ser herói Bm No mesmo dia em que escolhia ser vilão A E acabava tudo em lanche G Um banho quente D E talvez um arranhão Dava pra ver D G A ingenuidade, a inocência. Cantando no tom D D4 Milhões de mundos e universos tão reais G Quanto a nossa imaginação A Bastava um colo, um carinho Bm E o remédio era beijo e proteção A G Tudo voltava a ser novo no outro dia D Sem muita preocupação G A É que a gente quer crescer Bm E, quando cresce, quer voltar do início G Porque um joelho ralado A Bm Dói bem menos que um coração partido G É que a gente quer crescer A Bm E, quando cresce, quer voltar do início

G Porque um joelho ralado A Bm Dói bem menos que um coração partido D Dá pra viver D4 Mesmo depois de descobrir Que o mundo ficou mau D É só não permitir Que a maldade do mundo D4 Te pareça normal A Pra não perder a magia de acreditar Bm Na felicidade real A G E entender que ela mora no caminho D E não no final G A É que a gente quer crescer Bm E, quando cresce, quer voltar do início G Porque um joelho ralado A Bm Dói bem menos que um coração partido G A É que a gente quer crescer Bm E, quando cresce, quer voltar do início G Porque um joelho ralado A Bm Dói bem menos que um coração partido D Era uma vez

Toda Menina Baiana Gilberto Gil F#m7 Em7 F#m7 Em7 Toda menina bai-ana tem um santo que Deus dá F#m7 Em7 F#m7 Em7 Toda menina bai-ana tem en-canto que Deus dá F#m7 Em7 F#m7 Em7 Toda menina bai-ana tem um jeito que Deus dá F#m7 Em7 F#m7 Em7 D Toda menina bai-ana tem de—feito tam-bém que Deus dá E/D G/D Que Deus deu, que Deus dá Am7 Bm7 Que Deus entendeu de dar a prima—zia Am7 Bm7 Pro bem, pro mal, primeira mão na Ba-hia Am7 Bm7 Primeira missa, primeiro ín——dio a-batido G/D Também que Deus deu Am7 Bm7 Que Deus entendeu de dar toda magia Am7 Bm7 Pro bem, pro mal, primeiro chão na Ba-hia Am7 Bm7 Primeiro carnaval, primeiro pelou———-rinho G/D Também que Deus deu Em7 F#m7 Em7 F#m7 A, a, a, a, que Deus deu ô, ô, ô, que Deus dá Em7 F#m7 Em7 F#m7 A, a, a, a, que Deus deu ô, ô, ô, que Deus dá

Que Sorte a Nossa Matheus e Kauan

Intro: G C9 G Diz que pensa tanto em mim Que tá querendo me ver C9 Diz que tá me lembrando bastante Acredito em você G Tô sabendo de tudo Tô lendo seus recados C9 Minhas fotos que você curtiu Tô seguindo você G C9 E aí O que é que a gente vai fazer Em D9 Diz aí, se você quer C9 E eu também tô querendo você G Tantos sorrisos por aí Você querendo o meu C9 Tantos olhares me olhando E eu querendo o seu Em D9 Eu não duvido, não C9 Que não foi por acaso Se o amor bateu na nossa porta Que sorte a nossa G Tantos sorrisos por aí Você querendo o meu C9 Tantos olhares me olhando E eu querendo o seu Em7 D9 Eu não duvido, não C9 Que não foi por acaso Se o amor bateu na nossa porta Que sorte a nossa G C9 Ai, ai ai ai Que sorte a nossa ( Em D9 ) C9 Ai, ai ai ai G Que sorte a nossa

Ainda Bem Thiaguinho G C9 Ainda bem que te encontrei, agora sou mais feliz G C9 Igual não tem, me trata bem do jeito que eu sempre quis G C9 Lembro te olhei me apaixonei esqueci o que eu vivi G C9 Me dediquei tanto lutei pra te ter perto de mim G C9 G C9 Ainda bem Ainda bem Ainda bem Ainda bem G C9 Quantas vezes eu falei te amo sem querer G C9 Quantas vezes me enganei tentando achar você G C9 Até pensei não me entregar pra mais ninguém G9 C9 Ai você vem e me faz tão bem G C9 Só do teu lado tudo é mais, tudo é tão perfeito e cheira paz G C9 Eu nunca amei ninguém assim eu sei que foi feita pra mim G C9 Só do teu lado a emoção faz acelerar meu coração G C9 Enfim achei o meu lugar agora eu sei o que é amar G C9 G C9 Ainda bem Ainda bem Ainda bem Ainda bem G C9 Quantas vezes eu falei te amo sem querer G C9 Quantas vezes me enganei tentando achar você G C9 Até pensei não me entregar pra mais ninguém G9 C9 Ai você vem e me faz tão bem G C9 Só do teu lado tudo é mais, tudo é tão perfeito e cheira paz G C9 Eu nunca amei ninguém assim eu sei que foi feita pra mim G C9 Só do teu lado a emoção faz acelerar meu coração G C9 Enfim achei o meu lugar agora eu sei o que é amar G C9 G C9 Ainda bem Ainda bem Ainda bem Ainda bem Ainda bem

País Tropical Jorge Ben Jor Em D C D Em Moro num país tropical D C D Em Abençoado por Deus D C D Em E bonito por natureza D C Mas que beleza D Em D C Em fevereiro D Em D C Tem carnaval D Eu tenho um carro Em D E uma guitarra cantante C Sou Flamengo D G7 E minha nega continua deliciante C7 Sambaby Sambaby G7 Eu posso não ser um band leader C7 Pois é, mas assim mesmo lá em casa Todos meus amigos G7 Meus camaradinhas me respeitam C7 Pois é, essa é a razão da simpatia D7 Do poder, do algo mais e da alegria Em D C D Em Moro num país tropical D C D Em Abençoado por Deus D C D Em E bonito por natureza D C Mas que beleza D Em D C Em fevereiro D Em D C Tem carnaval D

Eu tenho um carro Em D E uma guitarra cantante C Sou Flamengo D G7 E minha nega continua deliciante C7 Sambaby Sambaby G7 Sou um menino de mentalidade mediana C7 Pois é, mas assim mesmo Feliz da vida, contente G7 Não devo nada a ninguém C7 Pois é, pois eu sou feliz D7 Muito feliz comigo mesmo Em D C Mó D Em D C Num pa-tro-pi D Em D Abençoa-por-dê C D Em E|-buni-por-na-turê D C Ma-que-belê D Em D C Em feverê D Em D C Tem carná D Em D Tem um cá, um viô C Sou flamê D G7 Tenhuma nê chamá____terê C7 Sou fla-fla D7 G7 Ela é mê-mê C7 Sou fla-fla D7 G7 Ela é

REPERTÓRIO BABY MENINO DO RIO CIRCULOU COLORIR PAPEL POR ONDE ANDEI MISTÉRIO DA MEIA-NOITE ESPERANDO AVIÕES

Colorir Papel Jammil e Uma Noites Intro: Dm C Dm C É um vento que passa e que leva Raia o brilho de cor amarela Dm C Planta o pé no chão Dm C O amor dando volta na terra, Arco íris de luz aquarela Dm C Banda coração Refrão: Dm C Vamos ver o pôr do sol Me dê a mão Dm C Uma estrela só não é constelação Dm C Sem destino vamos juntos passear feito nuvens no céu Dm C Derramar a tinta colorir papel Dm Em E amanhecer nós dois Dm C Perfume, bem me quer Dm Em Tem biscoito, queijo, bolo Dm C Leite no café Refrão: Dm C Vamos ver o pôr do sol Me dê a mão Dm C Uma estrela só não é constelação Dm C Sem destino vamos juntos passear feito nuvens no céu Dm C Derramar a tinta colorir papel

Um Mundo Bem Melhor ( We Are The World) Cantores de Brazilia E A B E A hora chegou, precisamos dar as mãos A B E E lembrar que somos todos irmãos C#m G#m Tantos vão morrendo, tentando encontrar A B Uma chance, um motivo pra sonhar E A B E É Fácil fingir que não há o que fazer A B E E que alguém, um dia, vai resolver C#m G#m Somos todos parte de algo bem maior A F#m B E no fim queremos só amor AB E C#m Eu e você podemos muito A B E Somos aqueles que podem trazer o amor ao mundo C#m G#m Não precisa ir longe, procure ao seu redor A B E Assim a gente faz um mundo bem melhor E A B E (Oh) Faça o melhor, dê carinho, estenda a mão A B E Quando houver problema, dê solução C#m G#m Basta atitude, dizer mais sim que não A B É só abrir seu coração AB E C#m Eu e você podemos muito A B E Somos aqueles que podem trazer o amor ao mundo C#m G#m Não precisa ir longe, procure ao seu redor A B E Assim a gente faz um mundo bem melhor C D E Alguns pensam que o problema é de ninguém C D E Mas é preciso ver que ele é seu também

C#m G#m Te-e-e-emos que entender: Pra mudança acontecer A B Você também precisa querer Yeah, yeah, yeah, yeah AB E Eu e você podemos muito A B E Somos aqueles que podem trazer o amor ao mundo C#m G#m Não precisa ir longe, procure ao seu redor A B E Assim a gente faz um mundo bem melhor C D E A gente sabe que é preciso de alguém pra contar Quando acordamos queremos mais um pra compartilhar Os nossos sonhos, as tristezas que o tempo nos trouxe São alicerces pra dar força à esperança hoje Todos nós somos o mundo unido em amor E quando essa canção bater ninguém sentirá dor Temos a luz pra estrada escura que o mundo caminha Um sinal que te ajuda achar tudo que se perdia Não haverá mais obstáculos pra tropeçar Vamos reconstruir a paz quando o tremor passar Somos o mundo! No fundo a esperança existe Vamos lutar pra essas crianças não crescerem tristes AB E C#m Somos amor, somos el mundo A B E Somos la luz que alumbra con ardor, lo más oscuro C#m G#m Llenos de esperanza podemos rescatar A B E La fé que nos puede salvar Juntos tu y yo AB E C#m We are the World, we are the children A B E We are the Ones who make a brighter day So lets start giving C#m G#m There's a choice we're making, we are saving our own lives A B E It's true, we make a better day, just you and me AB E Eu e você podemos muito A B E Somos aqueles que podem trazer o amor ao mundo C#m G#m Não precisa ir longe, procure ao seu redor A B E Assim a gente faz um mundo bem melhor

Mundo de Ilusões 3030

Dm Dm/C Bm5Bbdim Nesse mundo de ilusões onde passamos nossos dias não posso ser quem eu sou Dm Dm/C Bm5Bbdim Minha vida se confunde meio a cenas vazias de ódio e de amor Dm Dm/C Bm5Onde se convence o povo a comprar o que não precisa Bbdim Meu Deus onde é que eu estou? Dm Dm/C Bm5Se você passar lá em casa por favor meu bem avisa Bbdim Quero esconder o meu mundo Dm Dm/C Bm5Bbdim Posso sofrer posso chorar e até cair Dm Dm/C Bm5Bbdim Mas essa noite amor eu vou morrer de rir Dm Dm/C Posso sofrer Bm5Bbdim Posso chorar e até cair Dm Dm/C Bm5Bbdim Mas certos dias eu me encontro assim Dm Dm/C Bm5Bbdim Pois sem amor vejo que estou... Dm Dm/C Bm5Bbdim Num mundo de ilusões esconda as emoções atrás de um computador Dm Dm/C Bm5Bbdim Trancado no banheiro já com os olhos vermelhos tento esconder minha dor Dm Dm/C Bm5Bbdim Dm Meu bem o que eu queria era estar na Bahia com você não existe um final Dm/C Bm5Bbdim Sem luz sem energia sem carro sem correria colhendo frutas no meu quintal Dm Dm/C Bm5Bbdim Posso sofrer posso chorar e até cair Dm Dm/C Bm5Bbdim Mas essa noite amor eu vou morrer de rir Dm Dm/C Posso sofrer Bm5Bbdim Posso chorar e até cair

Dm Dm/C Bm5Bbdim Mas certos dias eu me encontro assim Dm Dm/C Bm5Pois sem amor vejo que estou Bbdim Assim. (Dm Dm/C Bm5- Bbdim) Procurando encontrar uma direção nesse mundo de ilusão Só espero que não caminhe rente a multidão Surda e muda é sem visão fingem não prestar atenção Quanto estão amordaçados pela manipulação E por mais que eu tente é sempre diferente O que a alma sente o que a mente entende Pouco a gente entende, pouca gente entende O que é relevente ultimamente tão distante Mais discrente do que antes fez-se o povo ignorante Nesse instante pessoas brilhantes crescem nas favelas Em um instante ideias brilhantes morrem atrás de telas Nas novelas em um anúncio de TV Monitores que amenizam dores falsos amenizadores Procuro me dar mais um tempo pensar no futuro esfriar minha cabeça respirar fundo Quem sabe Que além do mundo eu mesmo me iludo finjo que esqueço de tudo E no momento eu só penso em fazer um som pra viver Fecho os olhos pra não ver permito não perceber A frieza urbana, fraqueza humana modo que voa a semana Tempo que engana cidade que esgana sistema que explana sua forma tirana enquanto Se eu me desligasse até podia enxergar nós na Bahia eu e você Sendo abençoados por um novo dia Parece até ironia hoje ser só nostalgia Que preenche um espaço no meu peito em lacunas vazias Dias de agonia distancia judia a mente cria na melancolia mil filosofias Me alivia Mesmo que por pouco tempo a dor beneficia hoje o sofrimento virou poesia Dm Dm/C Bm5Bbdim Posso sofrer posso chorar e até cair Dm Dm/C Bm5Bbdim Mas essa noite amor eu vou morrer de rir Dm Dm/C Posso sofrer Bm5Bbdim Posso chorar e até cair Dm Dm/C Bm5Bbdim Mas certos dias eu me encontro assim Dm Dm/C Bm5Pois sem amor vejo que estou Bbdim

É Preciso Saber Viver Roberto Carlos

D D7+ D7 G Gm D Bm E G A D Quem espera que a vida D7+ Seja feita de ilusão D7 Pode até ficar maluco G Ou viver na solidão Gm É preciso ter cuidado D Bm Pra mais tarde não sofrer E G A É preciso saber viver D Toda pedra no caminho D7+ Você deve retirar D7 Numa flor que tem espinhos G Você pode se arranhar Gm Se o bem e o mal existem D Bm Você pode escolher E G A É preciso saber viver G D Bm É preciso saber viver G D Bm É preciso saber viver G D Bm É preciso saber viver E GA Saber viver D Toda pedra no caminho D7+ Você deve retirar D7 Numa flor que tem espinhos G Você pode se arranhar Gm Se o bem e o mal existem D Bm Você pode escolher E G A É preciso saber viver……….

Sina Djavan A D/A Pai e mãe, ouro de mina A E7/G# Coração, desejo e sina F#m7 C#m7 D7M Tudo mais, pura rotina, jazz D#° Tocarei seu nome prá poder A falar de amor D/A A Minha princesa, art-nouveau E7/G F#m7 Da natureza, tudo o mais C#m7 D7M /// D#° Pura beleza, jazz E4(7/9) D4(7/9) D7(9) C#7(#9) G#7(#11) F#m7 A luz de um grande prazer é irre——medi___ável neon E4(7/9) D4(7/9) E4(7/9) E7(9) Quando o grito do prazer açoitar o ar, reveillon A D/A O luar, estrela do mar A E7/G# O sol e o dom, quiçá, um dia a fúria F#m7 Desse front virá lapidar C#m7 D7M O sonho até gerar o som E4(7/9) A / / / D/A / / / A / / D/A / / / Como querer caetanear o que há de bom

Sapato Velho Roupa Nova

[Intro] A9 G A9 G A9 G

A9 G D E9 D A9 D E D E9 D A9 D E

A9 D/A E/A Você lembra, lembra D7M C#m7 Bm7 A G#º F#m7 Fº Na__que____le tempo eu ti___nha F#m7 B/A G#m7 C#m7 Estrelas nos olhos, um jeito de herói F#m7 D7M C#m7 Bm7 A Era mais forte e ve___loz G#º F#m7 F7M(11+) A9 Que qualquer mocinho de cowboy D/A E/A D/A A9 D/A E/A Você lembra, lembra D7M C#m7 Bm7 A G#º F#m7 Fº Eu cos___tu___mava an__dar bem F#m7 B/A G#m7 C#m7 Mais de mil léguas pra poder buscar F#m7 D7M C#m7 Bm7 A Flores de ma___io a___zuis G#º F#m7 F7M(11+) A9 E os seus cabelos en____feitar D/A E/A A4(7/9) D E/D C#m7 F#4 F# Água da fonte cansei de beber B F#/A# G#m7 F# G#m6 Eb Pra não en___ve__lhe____cer.

G#/A# Eb7M Eb4/7(9)

G# Bb/Ab Gm7 C4 C Como quisesse roubar da manhã F C6/E Dm C G#º A9 D/A E/A Um lin___do pôr de sol

D7M C#m7 Bm7 A Ho___je não co_lho G#m7 C#m7(9) Nem sou mais veloz

G#º F#m7 Fº F#m7 B/A mais as flores de maio Bbm7 D#7(9) como os heróis

Bm7 E7(9) A9 D/A E/A É... talvez eu seja simplesmente D7M C#m7 Bm7 A G#º F#m7 Fº Como um sa___pa_to ve___lho F#m7 B/A G#m7 C#m7 Mas ainda sirvo, se você quiser F#m7 D7M C#m7 Bm7 A Basta você me cal__çar G#º F#m7 F7M(11+) A9 Que eu aqueço o frio dos seus pés D/A E/A G6 [Solo] F G F G A9 D/A E/A G6 F G F Dm/F E4 E G A D E/D C#m7 F#4 F# Água da fonte cansei de beber B F#/A# G#m7 F# G#m6 Eb Pra não en___ve..lhe____cer G#/A# Eb7M Eb4/7(9) G# Bb/Ab Gm7 C4 C Como quisesse roubar da manhã F C6/E Dm C G#º A9 D/A E/A Um lin___do pôr de sol D7M C#m7 Bm7 A Ho___je não co_lho G#m7 C#m7(9) Nem sou mais veloz

G#º F#m7 Fº F#m7 B/A mais as flores de maio Bbm7 D#7(9) como os heróis

Bm7 E7(9) A9 D/A E/A É... talvez eu seja simplesmente D7M C#m7 Bm7 A G#º F#m7 Fº Como um sa___pa_to ve___lho F#m7 B/A G#m7 C#m7 Mas ainda sirvo, se você quiser F#m7 D7M C#m7 Bm7 A Basta você me cal__çar G#º F#m7 F7M(11+) A9 Que eu aqueço o frio dos seus pés E9 Talvez eu seja simplesmente Como um sapato velho…….

Faraó Divindade do Egito Olodum Dm Deuses C Divindade infinita do universo Predominante Dm Esquema mitológico C A ênfase do espírito original, Shu! Formará Dm No Eden um ovo cósmico A Emersão Nem Osíris sabe C Como aconteceu A Emersão Nem Osíris sabe Dm Como aconteceu A Ordem ou submissão C Do olho seu Transformou-se Dm Na verdadeira humanidade Epopéia C Do código de Geb Eu falei Nuti! E Nuti Dm Gerou as estrelas Osiris C Proclamou matrimônio com Isis E o mal Seth Dm Irado, o assassinou Impera-ar Hórus levando avante C A vingança do pai Derrotando o império Do mal Seth Ao grito da vitória Dm C Que nos satisfaz Cadê? Tutancamon Hei, Gizé! Dm C Akhaenaton Hei, Gizé! Tutancamon Hei, Gize! Dm C Akhaenaton Eu falei Faraó Êeeeeh, Faraó! Dm Eu clamo Olodum Pelourinho Êeeeeh, Faraó! Pirâmide, a base do Egito C Êeeeeh, Faraó! Eu clamo Olodum Pelourinho Dm Êeeeeh, Faraó! Que Mara Mara Mara C Maravilha êh! Dm C Dm Egito, Egito êh! Que Mara Mara Mara. Maravilha êh! Egito, Egito êh! C Dm Faraó ó ó ó ó!

C Dm Faraó ó ó ó ó! Pelourinho C Uma pequena comunidadeQue também Olodum uniu Dm Em laço de confraternidade Despertai-vos Para a cultura Egípcia C No Brasil Em vez de cabelos trançados Veremos turbantes Dm De Tutancamon E as cabeças C Enchei-se de liberdade O povo negro pede igualdade Deixando de lado Dm C As separações Cadê? Tutancamon Hei, Gizé! Dm C Akhaenaton Hei, Gizé! Tutancamon Hei, Gizé! Dm C Akhaenaton Eu falei Faraó! Êeeeeh, Faraó! Eu clamo Olodum Pelourinho Dm Êeeeeh, Faraó! Pirâmide, a base do Egito C Êeeeeh, Faraó! Eu clamo Olodum Pelourinho Dm Êeeeeh, Faraó! Que Mara Mara Mara C Dm C Maravilha êh! Egito, Egito êh! Que Mara Mara Mara. Maravilha êh! Dm C Dm C Dm C Dm Egito, Egito êh! Faraó ó ó ó ó! Faraó ó ó ó ó! Faraó ó ó ó ó! C Dm C Dm C Dm Faraó ó ó ó ó! Faraó ó ó ó ó! Faraó ó ó ó ó!

Dó Maior

Ré menor

Esquadros Saulo Fernandes

E Eu ando pelo mundo C#m7 Prestando atenção em cores que eu não sei o nome F#m7 B Cores de Almodovar, cores de Frida Kalo, cores E Passeio pelo escuro C#m7 Eu presto muita atenção no que o meu irmão ouve F#m7 B E como uma segunda pele, um calo, uma casca E Uma cápsula protetora C#m7 Eu quero chegar antes F#m7 B Pra sinalizar o estar de cada coisa, filtrar seus graus E C#m7 Eu ando pelo mundo divertindo gente, chorando ao telefone F#m7 B E vendo doer a fome nos meninos que tem fome Em Am Pela janela do quarto, pela janela do carro Pela tela, pela janela Em Quem é ela, quem é ela? Eu vejo tudo enquadrado C7+ B Remoto controle E Eu ando pelo mundo C#m7 E os automóveis correm para quê? F#m7 B As crianças correm para onde? E Transito entre dois lados de um lado C#m7 Eu gosto de opostos F#m7 Exponho o meu modo, me mostro B Eu canto para quem? Em Am Pela janela do quarto, pela janela do carro

Pela tela, pela janela Em Quem é ela, quem é ela? Eu vejo tudo enquadrado C B Remoto controle E Eu ando pelo mundo C#m7 E meus amigos, cadê? F#m7 B Minha alegria, meu cansaço... E C#m7 Meu amor cadê você? F#m7 Eu acordei B Não tem ninguém ao lado Em Am Pela janela do quarto, pela janela do carro Pela tela, pela janela Em Quem é ela, quem é ela? Eu vejo tudo enquadrado C7+ B Remoto controle

Rindo À Toa Falamansa (Intro. G D Em C D G D) G D Em Tô numa boa, tô aqui de novo C Daqui não saio, daqui não me movo D G D Tenho certeza, esse é o meu lugar Ah ah G D Em Tô numa boa, tô ficando esperto C Já não pergunto se isso tudo é certo D G D Uso esse tempo pra recomeçar Ah ah C G D Doeu, doeu, agora não dói Não dói C G D Chorei, chorei agora não choro mais C Toda mágoa que passei G É motivo pra comemorar A Pois se não sofresse assim D Não tinha razões pra cantar G D Há há há há há Em Mas eu tô rindo à toa D Não que a vida esteja assim tão boa C D G D Mas um sorriso ajuda a melhorar Ah ah G D Em E cantando assim parece que o tempo voa D Quanto mais triste mais bonito soa C D G Eu agradeço por poder cantar D G Lalaia laia laia iô! (G D Em C D G D)

Xote Dos Milagres Falamansa [Intro] G D Am C D G D Am C D G D Am G D Escrevi seu nome na areia O sangue que corre em mim Am G D Em Sai da tua veia Veja só você é a única C D G D Que não me dá valor Então por que será que este valor Am G D É o que eu ainda quero ter Tenho tudo nas mãos Em Mas não tenho nada C Então melhor ter nada D G E lutar pelo que eu quiser D Ê, ma péra aê Am Ouça o forró tocando C D E muita gente aê G D Am Não é hora pra chorar Bm Am Porém não é pecado se eu falar de amor Bm Am Se eu canto sentimento seja ele qual for Bm Me leva onde eu quero ir C Se quiser também pode vir Bm Escuta o meu coração Am D G Que bate no compasso da zabumba de paixão D Am Ê pra surdo ouvir, pra cego ver C D G Que este xote faz milagre acontecer D Am Ê pra surdo ouvir, pra cego ver C D G Que este xote faz milagre acontecer D Am Ê pra surdo ouvir, pra cego ver C D G Que este xote faz milagre acontecer D Am Ê pra surdo ouvir, pra cego ver C D G Falamansa faz milagre acontecer G D Am C D

Xote da Alegria Falamansa Intro G D Em D G D Em D G D Em Se um dia alguém mandou Bm C Ser o que sou e o que gostar G D Não sei quem sou e vou mudar G E ser aquilo que eu sempre quis D Em E se acaso você diz Bm C Que sonha um dia em ser feliz G D Vê se fala sério C G D Pra que chorar sua mágoa? C G D Se afogando em agonia C G D Contra a tempestade em copo d'água C G Am Bm C D Dance o xote da alegria aaah haa hei hei G D Um dêrum dêrum dêrum Em Dêrum dererê um dêrum dêrum Bm C G D Dêrum oi iê iê um dêrum dêrum derêrê G D Um dêrum dêrum dêrum Em Dêrum dererê um dêrum dêrum Bm C G D Dêrum oi iê iê um dêrum dêrum derêrê G D Em D

No Dia Em Que Eu Saí De Casa Zezé Di Camargo e Luciano Intro: A D E A Bm E A

A No dia em que eu saí de casa Minha mãe me disse D Filho, vem cá E Passou a mão em meus cabelos Olhou em meus olhos A Começou falar Por onde você for eu sigo Com meu pensamento D Sempre onde estiver Em minhas orações A Eu vou pedir a Deus E A Que ilumine os passos seus D Eu sei que ela nunca compreendeu A Os meus motivos de sair de lá E Mas ela sabe que depois que cresce D O filho vira passarinho A E quer voar D Eu bem queria continuar ali A Mas o destino quis me contrariar E E o olhar de minha mãe na porta D Eu deixei chorando A A me abençoar Intro: A D E A Bm E A

A A minha mãe naquele dia

D Me falou do mundo como ele é E Parece que ela conhecia A Cada pedra que eu iria por o pé E sempre ao lado do meu pai D Da pequena cidade ela jamais saiu Ela me disse assim: A Meu filho, vá com Deus E A Que esse mundo inteiro é seu Refrão: D Eu sei que ela nunca compreendeu A Os meus motivos de sair de lá E Mas ela sabe que depois que cresce D O filho vira passarinho A E quer voar D Eu bem queria continuar ali A Mas o destino quis me contrariar E E o olhar de minha mãe na porta A Eu deixei chorando a me abençoar E E o olhar de minha mãe na porta A Eu deixei chorando a me abençoar E E o olhar de minha mãe na porta Eu deixei chorando A D/A E A A me abençoar

Zero a Dez Ivete Sangalo

G Bm Numa escala zero a dez eu te dou cem Am D e cem parece pouco pra você G Bm Mais de um milhão de corações eu quero um Am D D#° E o seu é o bastante pra eu viver Em Bm Deixa eu te levar para ver as flores C G B7 Colorir nosso jardim de amor Em Bm Enquanto o céu vai misturando as cores C D A gente ama até o sol se pôr G Bm C Bm É você, só você que sabe me fazer feliz C Bm Que chega em meu ouvido e diz Am D Que o meu desejo é desejar você G Bm C Bm É você, só você que sabe me fazer feliz C Bm Que chega em meu ouvido e diz Am D G Que o meu desejo é desejar você

Pássaro de Fogo Paula Fernandes G Em Vai se entregar pra mim Como a primeira vez C9 G/B Vai delirar de amor Sentir o meu calor D C9 Vai me pertencer G Em Sou pássaro de fogo Que canta ao teu ouvido C9 G/B Vou ganhar esse jogo Te amando feito um louco D C9 Quero teu amor bandido G D Minh'alma viajante Coração independente C9 D Por você corre perigo G D To afim de seus segredos de tirar o seu sossego C9 D Ser bem mais que um amigo G Em Não diga que não, não negue a você C9 G/B Um novo amor, uma nova paixão D Diz pra mim... G Tão longe do chão Em C9 D Serei os seus pés nas asas do sonho rumo ao teu coração G Em Permita sentir, se entrega pra mim C9 D Cavalga em meu corpo ô minha eterna paixão

G Vai se entregar pra mim

Nota Dez Xand Avião Intro - Dm Bb C Eb Gm F Dm Bb C Eb Beijo ardente como o sol Teu abraço quente é o meu lençol Gm F Dm Bb O tempo aqui não passa sem você Custe o que custar te espero C Eb Gm F Quando te encontrar, só quero Paz a vida inteira pra te amar Dm Bb C Eb Onde a vida me levar, eu vou Querer sempre ter você, amor Gm F Dm Bb Do meu lado seja onde for Tudo o que você sente ao me ter C Eb Gm F Também sinto amor como você E o resto só o tempo vai dizer Dm Bb C Eb Gm Nosso chamego é bom demais Adoro o amor que a gente faz Com você é especial Valsa vira carnaval F Dm Bb Com você é nota 10, Não tem igual Se quer me ter Tu vai me ter C Eb Gm Que eu também to como você O nosso amor pede bis Planta morre sem raiz F Bom mesmo é amar e ser feliz (Dm Bb C Eb Gm F) Dm Bb C Eb Gm F Onde a vida me levar, eu vou Querer sempre ter você, amor Do meu lado seja onde for Dm Bb C Eb Gm F Tudo o que você sente ao me ter Também sinto amor como você E o resto só o tempo vai dizer Dm Bb C Eb Nosso chamego é bom demais Adoro o amor que a gente faz Com você é especial Gm F Valsa vira carnaval Com você é nota 10, Não tem igual Dm Bb C Eb Se quer me ter Tu vai me ter Que eu também to como você O nosso amor pede bis Gm F Planta morre sem raiz Bom mesmo é amar e ser feliz Dm Bb C Eb Gm Nosso chamego é bom demais Adoro o amor que a gente faz Com voce é especial Valsa vira carnaval F Dm Bb C Com você é nota 10, Não tem igual Se quer me ter Tu vai me ter Que eu também to como você Eb Gm F O nosso amor pede bis Planta morre sem raiz Bom mesmo é amar e ser feliz Final - Dm Bb C Eb Gm F

Ai Se Eu Te Pego Michel Teló

C G Am F C G Nossa, nossa Assim você me mata Ai se eu te pego Am F C G Am F Ai ai se eu te pego Delícia, delícia Assim você me mata C G Am F Ai se eu te pego Ai ai se eu te pego C G Am F C G F C G Am F C G Am F Sábado na balada A galera começou a dançar C G Am F C G Am F E passou a menina mais linda Tomei coragem e comecei a falar Refrão: C G Am F C G Nossa, nossa Assim você me mata Ai se eu te pego Am F C G Am F Ai ai se eu te pego Delícia, delícia Assim você me mata C G Am F Ai se eu te pego Ai ai se eu te pego C G Am F C G F Primeira parte: C G Am F C G Am F Sábado na balada A galera começou a dançar C G Am F C G Am F E passou a menina mais linda Tomei coragem e comecei a falar Refrão: C G Am F C G Nossa, nossa Assim você me mata Ai se eu te pego Am F C G Am F Ai ai se eu te pego Delícia, delícia Assim você me mata C G Am F Ai se eu te pego Ai ai se eu te pego C G Am F C G F Refrão: C G Am F C G Nossa, nossa Assim você me mata Ai se eu te pego Am F C G Am F Ai ai se eu te pego Delícia, delícia Assim você me mata C G Am F Ai se eu te pego Ai ai se eu te pego C G Am F C G F

Ouvi Dizer Melim Intro - D F#m G Gm D F#m G Gm D F#m Papapa para papapa uooooo uooooo Ah, se eu acordasse todo dia Com o seu bom dia G Gm D De tanto café na cama Faltariam xícaras Me atrasaria só pra ficar de preguiça F#m G Gm Se toda arte se inspirasse Em seus traços Então qualquer esboço Viraria um quadro Monalisa Em F#m Bm Com você, tudo fica tão leve Que até te levo na garupa da bicicleta O preto e branco têm cor A A vida tem mais humor E pouco a pouco, o vazio se completa Em F#m O errado se acerta, o quebrado conserta E assim, tudo muda, mesmo sem mudar G Gm A paz se multiplicou Que bom que você chegou, pra somar G F#m Em Ouvi dizer que existe paraíso na Terra E coisas que eu nunca entendi D G F#m Em Coisas que eu nunca entendi Só ouvi dizer Que quando arrepia, já era Coisas que eu só entendi D D F#m G Gm Em Quando eu te conheci Papapa para papapa uooooo uooooo Com você, tudo fica tão leve F#m Bm Que até te levo na garupa da bicicleta O preto e branco têm cor A vida tem mais humor A Em E pouco a pouco, o vazio se completa O errado se acerta, o quebrado conserta F#m G Gm E assim, tudo muda, mesmo sem mudar A paz se multiplicou. Que bom que você chegou, pra somar G F#m Em D Ouvi dizer que existe paraíso na Terra E coisas que eu nunca entendi Coisas que eu nunca entendi G F#m Em Só ouvi dizer Que quando arrepia, já era Coisas que eu só entendi D G F#m Em Quando eu te conheci Ouvi dizer que existe paraíso na Terra E coisas que eu nunca entendi D F#m Em Coisas que eu nunca entendi Só ouvi dizer Que quando arrepia, já era Coisas que eu só entendi D D F#m G Gm Quando eu te conheci Papapa para papapa uoooo uoooo Narana D F#m G Gm D Papapa para papapa uoooo uoooo Narana

Rainha do Vaqueiro Aviões do Forró A E D A Ô mulher você é linda, és a linda das mais lindas, Igual a você não tem E D A És a flor que solta o cheiro, rainha desse vaqueiro, Você só me faz o bem E D A Meu coração é só teu, já reconheci que eu sem você não Sou ninguém E D A Teu abraço me esquenta, seu cheiro me alimenta, ô Mulher querida amada E D A Você é minha paixão, a deusa dessa canção, estrela da Minha estrada E D A Valeu eu te conhecer e o que eu sinto por você nem a Mão do tempo apaga E D A Quando você ma abraça, sorrindo diz em voz baixa, as Coisas lindas que faz E D A Lá no quarto ou no banheiro, tento olhar seu corpo Inteiro, bem feitin lindo demais E D A Só faz a paixão crescer, que mulher como você todo Homem anda atrás E D A Eu vou falar pro seus pais, que eu te amo demais e não Quero nem saber E D A Se eles não concordar, for contra nós se casar, eu vou Carregar você E D A Nem que o céu caia em pedaços, só pra lhe ter em meus Braços não tenho medo de morrer

E D A Mulher tu és um encanto, de todos filmes românticos tu És a mais linda cena E D A Foi deus e a natureza, quem te deu tanta beleza, tão Deslumbrante e serena E D A És uma tremenda gata, daquelas que a morte mata, Depois vai chorar com pena E D Sou vaqueiro apaixonado, quero estar sempre ao seu Lado, lhe amar constantemente E D A Tudo em você me atrai, amor é lindo demais esse Romance da gente E D A Você é minha paixão, vem amor me dê a mão e vamos ser Feliz pra sempre

Infarto Diego e Victor Hugo Intro Eb F Gm Eb F Bb F Ajuda eu aqui, me deu uma tonteira Traz uma cadeira, que eu vou cair Gm Eb F Cancela a cerveja e traz água com açúcar aí Já me senti assim Eb F Eu tenho uma doença Que tem um metro e sessenta Gm Eb F E acabou de entrar ali naquela porta Fecha a conta, tá aumentando os sintomas Bb F Gm E o peito tá doendo Tomara que seja infarto Se for amor, eu tô ferrado Eb F Bb F Aí vai ser pior o estrago E o peito tá doendo Tomara que seja infarto Gm Eb F Se for amor, eu tô ferrado Aí vai ser pior o estrago Solo Eb F Gm7 Eb F Bb F Ajuda eu aqui, me deu uma tonteira Traz uma cadeira, que eu vou cair Gm Eb F Cancela a cerveja e traz água com açúcar aí Já me senti assim Eb F Eu tenho uma doença Que tem um metro e sessenta Gm Eb F E acabou de entrar ali naquela porta Fecha a conta, tá aumentando os sintomas Bb F E o peito tá doendo Tomara que seja infarto Gm Eb F Bb Se for amor, eu tô ferrado Aí vai ser pior o estrago E o peito tá doendo F Gm Eb F Tomara que seja infarto Se for amor, eu tô ferrado Aí vai ser pior o estrago Final Eb F Gm

Asa Branca Luiz Gonzaga & Humberto Teixeira

Quando olhei a terra ardendo Qual fogueira de São João Eu perguntei a Deus do céu, ai Por que tamanha judiação Eu perguntei a Deus do céu, ai Por que tamanha judiação Que braseiro, que fornalha Nem um pé de plantação Por falta d'água perdi meu gado Morreu de sede meu alazão Por farta d'água perdi meu gado Morreu de sede meu alazão Até mesmo a asa branca Bateu asas do sertão Entonce eu disse, adeus Rosinha Guarda contigo meu coração Entoce eu disse, adeus Rosinha Guarda contigo meu coração Hoje longe, muitas léguas Numa triste solidão Espero a chuva cair de novo Pra mim voltar pro meu sertão Espero a chuva cair de novo Pra mim voltar pro meu sertão Quando o verde dos teus olhos Se espalhar na plantação Eu te asseguro não chore não, viu Que eu voltarei, viu Meu coração Eu te asseguro não chore não, viu Que eu voltarei, viu Meu coração

Amei Te Ver Tiago Iorc Intro Am G11/B C Am/D F7M G4(6) Am G11/B C Ah Quase ninguém vê Am/D F7M G4(6) Quanto mais o tempo passa Mais aumenta a graça Em te viver hê Am G11/B C Ah E sai sem eu dizer Am/D F7M G4(6) Tem mais no que te mostro Não escondo o quanto Gosto de você F7M Am O coração dispara Tropeça, quase para Me encaixo no teu cheiro G4(6) E ali me deixo inteiro C/G G11/B Am G4(6) F7M C/G Eu amei te ver Eu amei te ver Eu amei te ver C/G G11/B Am G4(6) F7M C/G Eu amei te ver Eu amei te ver Eu amei te ver Am G11/B C Ah Quase ninguém vê Am/D F7M G4(6) Quanto mais aumenta a graça Mais o tempo passa por você Am G11/B C Ah E sai sem eu dizer Am/D F7M G4(6) O tanto que eu gosto Me desmancho Quando encosto em você F7M Am O coração dispara Tropeça, quase para Me encaixo no teu cheiro G4(6) E ali me deixo inteiro C/G G11/B Eu amei te C/G G11/B Eu amei te

Am ver Am ver

G4(6) F7M Eu amei te ver G4(6) F7M Eu amei te ver

C/G Eu amei te ver C/G Eu amei te ver

F7M Am G4(6) O coração dispara Tropeça, quase para Me enlaço no teu beijo Abraço teu desejo F7M Am A mão ampara a calma Encosta lá na alma E o corpo vai sem medo G4(6) Descasca teu segredo F7M Am G4(6) Da boca sai: não para É o coração que fala O laço é certeiro Metades por inteiro F7M Não vou voltar tão cedo Mas vou voltar C/G Porque C/G G11/B Eu amei te C/G G11/B Eu amei te

Am ver Am ver

G4(6) F7M Eu amei te ver G4(6) F7M Eu amei te ver

C/G Eu amei te ver C/G Eu amei te ver

C/G G11/B Eu amei te C/G G11/B Eu amei te

Am ver Am ver

G4(6) F7M Eu amei te ver G4(6) F7M Eu amei te ver

C/G Eu amei te ver C/G Eu amei te ver

C/G G11/B Am G4(6) F7M C/G Eu amei te ver Eu amei te ver Eu amei te ver C/G G11/B Am G4(6) F7M C/G Eu amei te ver Eu amei te ver Eu amei te ver r C/G G11/B Am G4(6) F7M C/G Eu amei te ver Eu amei te ver Eu amei te ver C/G G11/B Am G4(6) F7M C/G Eu amei te ver Eu amei te ver Eu amei te ver

Amei Te Ver Tiago Iorc Intro Am C Am/D F7M G4 Am C Ah Quase ninguém vê Am/D F7M G4 Quanto mais o tempo passa Mais aumenta a graça Em te viver hê Am C Ah E sai sem eu dizer Am/D F7M G4 Tem mais no que te mostro Não escondo o quanto Gosto de você F7M Am O coração dispara Tropeça, quase para Me encaixo no teu cheiro G4 E ali me deixo inteiro C Am F7M C Eu amei te ver Eu amei te ver Eu amei te ver C Am F7M C Eu amei te ver Eu amei te ver Eu amei te ver Am C Ah Quase ninguém vê Am/D F7M G4 Quanto mais aumenta a graça Mais o tempo passa por você Am C Ah E sai sem eu dizer Am/D F7M G4 O tanto que eu gosto Me desmancho Quando encosto em você F7M Am O coração dispara Tropeça, quase para Me encaixo no teu cheiro G4 E ali me deixo inteiro C Eu amei te C Eu amei te

Am ver Am ver

F7M Eu amei te ver F7M Eu amei te ver

C Eu amei te ver C Eu amei te ver

F7M Am G4 O coração dispara Tropeça, quase para Me enlaço no teu beijo Abraço teu desejo F7M Am A mão ampara a calma Encosta lá na alma E o corpo vai sem medo G4 Descasca teu segredo F7M Am G4 Da boca sai: não para É o coração que fala O laço é certeiro Metades por inteiro F7M Não vou voltar tão cedo Mas vou voltar C Porque C Eu amei te C Eu amei te

Am ver Am ver

F7M Eu amei te ver F7M Eu amei te ver

C Eu amei te ver C Eu amei te ver

C Eu amei te C Eu amei te

Am ver Am ver

F7M Eu amei te ver F7M Eu amei te ver

C Eu amei te ver C Eu amei te ver

C Eu amei te C Eu amei te

Am ver Am ver

F7M Eu amei te ver F7M Eu amei te ver

C Eu amei te ver C Eu amei te ver

C Eu amei te C Eu amei te

Am ver Am ver

F7M Eu amei te ver F7M Eu amei te ver

C Eu amei te ver C Eu amei te ver

Te Esperando Luan Santana A Mesmo que você não caia na minha cantada Mesmo que você conheça outro cara D9 Na fila de um banco Um tal de Fernando Um lance, assim, sem graça A Mesmo que vocês fiquem sem se gostar Mesmo que vocês casem sem se amar D9 E depois de seis meses Um olhe pro outro E aí, pois é, sei lá A Mesmo que você suporte este casamento Por causa dos filhos, por muito tempo D9 Dez, vinte, trinta anos Até se assustar com os seus cabelos brancos A Um dia vai sentar numa cadeira de balançoVai lembrar do tempo que tinha vinte anos D9 Vai lembrar de mim e se perguntar Por onde esse cara deve estar A E eu vou estar D9 Te esperando nem que já esteja velhinha gagá A Com noventa, viúva, sozinha não vou me importar D9 Vou ligar, te chamar pra sair namorar no sofá A Nem que seja além dessa vida eu vou estar D9 Dm Te esperando A Mesmo que você não caia na minha cantada……

Acima do Sol Skank Intro Am Am7 G Am Am7 G Am G Assim ela já vai Achar o cara que lhe queira Como você não quis fazer Am G Sim, eu sei que ela só vai Achar alguém pra vida inteira Como você não quis Am G Tão fácil perceber Que a sorte escolheu você E você cego nem nota Am G Quando tudo ainda é nada Quando o dia é madrugada Você gastou sua cota Am G Eu não posso te ajudar Esse caminho não há outro Que por você faça Am G Eu queria insistir Mas o caminho só existe Quando você passa Am Am7 G Am Am7 G Am G Quando muito ainda pouco Você quer infantil e louco Um sol acima do sol Am Mas quando sempre é sempre nunca Quando ao lado ainda é muito mais longe G Que qualquer lugar Am G Ô... Um dia ela já vai Achar o cara que lhe queira Como você não quis fazer Am G Sim, eu sei que ela só vai Achar alguém pra vida inteira Como você não quis Am Am7 G Am Am7 G Am G Se a sorte lhe sorriu Porque não sorrir de volta Você nunca olha a sua volta Am G Não quero estar sendo mal Moralista ou banal Aqui está o que me afligia Am G ô... Um dia ela já vai Achar o cara que lhe queira Como você não quis fazer Am G Sim, eu sei que ela só vai Achar alguém pra vida inteira Como você não quis Am Am7 G Am Am7 G

Colorir Papel Jammil e Uma Noites Intro: Dm C Dm C É um vento que passa e que leva Raia o brilho de cor amarela Dm C Planta o pé no chão Dm C O amor dando volta na terra, Arco íris de luz aquarela Dm C Banda coração Refrão: Dm C Vamos ver o pôr do sol Me dê a mão Dm C Uma estrela só não é constelação Dm C Sem destino vamos juntos passear feito nuvens no céu Dm C Derramar a tinta colorir papel Dm Em E amanhecer nós dois Dm C Perfume, bem me quer Dm Em Tem biscoito, queijo, bolo Dm C Leite no café Refrão: Dm C Vamos ver o pôr do sol Me dê a mão Dm C Uma estrela só não é constelação Dm C Sem destino vamos juntos passear feito nuvens no céu Dm C Derramar a tinta colorir papel

Circulou (Magary Lord) C Dm Circulou,circulou,circulou,circulou, C É tão maravilhoso o nosso amor, D É tão maravilhoso o nosso amor. C A nossa química bateu, Dm O nosso amor apareceu, C Dm Se tem alguém que te quer bem, esse alguém sou eu, C Cola seu corpo com o meu, Dm Seu personagem do prazer, C Dm Ou simplesmente ser alguém na sua vida. C Dm Vem cá, pode chegar, deixa de besteira, C Dm Eu sou todo seu, todo seu, C Dm Circulou,circulou,circulou,circulou, C É tão maravilhoso o nosso amor………. C

Dm Em Dm Vamos correr pra lua e perceber que ela corre com você, C Dm Em Dm Não custa perceber, que ela pode nos guiar. C Dm Vem cá, pode chegar, deixa de besteira, C Dm Eu sou todo seu, todo seu, C Dm Circulou,circulou,circulou,circulou, C É tão maravilhoso o nosso amor, Dm É tão maravilhoso o nosso amor. C Dm Circulou,circulou,circulou,circulou

Nem Tchum Anna Catarina Dm Bb F Am Saudade quando a minha pergunta tinha uma resposta De quando respondia: Oi, meu bem, na mesma hora Dm Bb F Am Hoje é só: Oi, tchau, fica com Deus E de vez em quando um: Boa noite Dm Bb Sentimento seu, nenhum Te amo e você nem tchum F Am Lembra a gente no começo? Da minha língua dando volta no seu beijo Dm Bb Sentimento seu, nenhum Te amo e você nem tchum F Am Lembra a gente no começo? Da minha língua dando volta no seu beijo Dm Bb Volta a ser como era antes Que eu deixo, que eu deixo F Am Volta a ser como era antes Que eu deixo, que eu deixo Dm Bb F Am Dm Bb F Am Saudade quando a minha pergunta tinha uma resposta De quando respondia: Oi, meu bem, na mesma hora Dm Bb F Am Hoje é só: Oi, tchau, fica com Deus E de vez em quando um: Boa noite Dm Bb Sentimento seu, nenhum Te amo e você nem tchum F Am Lembra a gente no começo? Da minha língua dando volta no seu beijo Dm Bb Sentimento seu, nenhum Te amo e você nem tchum F Am Lembra a gente no começo? Da minha língua dando volta no seu beijo Dm Bb Volta a ser como era antes Que eu deixo, que eu deixo F Am Volta a ser como era antes Que eu deixo, que eu deixo Dm Bb Volta a ser como era antes Que eu deixo, que eu deixo F Volta a ser como era antes

Raridade Anderson Freire Intro G D Em D G D Em D A Bm A G Não consigo ir além do teu olhar Tudo o que eu consigo é imaginar D Em A D A Bm A riqueza que existe dentro de você O ouro eu consigo só admirar A G D Em A Bm Mas te olhando eu posso a Deus adorar Sua alma é um bem que nunca envelhecerá G D A Bm O pecado não consegue esconder A marca de Jesus que existe em você G D A Em O que você fez ou deixou de fazer Não mudou o início Deus escolheu você D G Bm Em Sua raridade não está naquilo que você possui Ou que sabe fazer D G Isso é mistério de Deus com você D A Bm Você é um espelho que reflete a imagem do Senhor A G Não chore se o mundo ainda não notou D Em A Já é o bastante Deus reconhecer o seu valor D A Bm Você é precioso mais raro que o ouro puro de Ofir A G D Em Se você desistiu Deus não vai desistir Ele está aqui pra te levantar A D Se o mundo te fizer cair D A Bm O ouro eu consigo só admirar A G D Em A Bm Mas te olhando eu posso a Deus adorar Sua alma é um bem que nunca envelhecerá G D A Em O pecado não consegue esconder A marca de Jesus que existe em você G D A Em O que você fez ou deixou de fazer Não mudou o início Deus escolheu você D G Bm Em Sua raridade não está naquilo que você possui Ou que sabe fazer D G Isso é mistério de Deus com você Refrão

Pescador de ilusão O Rappa Am G Am Se meus joelhos não doessem mais Diante de um bom motivo G Am Que me traga fé, que me traga fé Se por alguns segundos G Am Eu observar, e só observar A isca e o anzol, a isca e o anzol G Am G A isca e o anzol, a isca e o anzol Ainda assim estarei Pronto pra comemorar Am G Se eu me tornar menos faminto Que curioso, que curioso Am G Am G O mar escuro trará o medo lado a lado Com os corais mais coloridos C Am Valeu a pena, eh eh Valeu a pena, eh eh G Sou pescador de ilusões Sou pescador de ilusões Am Se eu ousar catar Na superfície de qualquer manhã As palavras de um livro G Sem final, sem final Sem final, sem final, final C Am Valeu a pena, eh eh Valeu a pena, eh eh G Sou pescador de ilusões Sou pescador de ilusões Am Se eu ousar catar Na superfície de qualquer manhã As palavras de um livro G Sem final, sem final Sem final, sem final, final C Am Valeu a pena, eh eh Valeu a pena, eh eh G Sou pescador de ilusões Sou pescador de ilusões

Pescador de Ilusões

(O Rappa)

Am G Am Se meus joelhos não doessem mais Diante de um bom motivo G Am Que me traga fé, que me traga fé Se por alguns segundos G Am Eu observar, e só observar A isca e o anzol, a isca e o anzol G Am A isca e o anzol, a isca e o anzol Ainda assim estarei G Am Pronto pra comemorar Se eu me tornar menos faminto G Am G Que curioso, curioso O mar escuro trará o medo lado a lado Am G Com os corais mais coloridos C Am Valeu a pena, eh eh Valeu a pena, eh eh G Sou pescador de ilusões Sou pescador de ilusões bis Am Se eu ousar catar G Am Na superfície de qualquer manhã As palavras de um livro G Am G Sem final, sem final Sem final, sem final, final C Am Valeu a pena, eh eh Valeu a pena, eh eh G Sou pescador de ilusões Sou pescador de ilusões bi Am Se eu ousar catar G Na superfície de qualquer manhã Am As palavras de um livro G Sem final, sem final Am G Sem final, sem final, final Valeu a pena………..

Sossego Tim Maia C7 Ora bolas, não me amole Com esse papo, de emprego Não está vendo, não estou nessa O que eu quero? Sossego, eu quero sossego O que eu quero? Sossego O que eu quero? Sossego O que eu quero? Sossego O que eu quero? Sossego Ora bolas, não me amole Com esse papo, de emprego

Aco

Esses são os desenhos m notas) com sétima (menor), u Samba, Choro, Pagode, Baião

Não está vendo, não estou nessa O que eu quero? Sossego O que eu quero? Sossego O que eu quero? Sossego O que eu quero? Sossego O que eu quero? Sossego

Licença C

Madalena Gilberto Gil C F G C fui passear na roça encontrei madalena G C sentada numa pedra comendo farinha seca G C olhando a produção agrícola e a pecuária G madalena chorava sua mãe consolava C G dizendo assim pobre não tem valor

pobre é sofredor e quem ajuda é senhor do C bonfim entra em beco sai em beco G há um recurso madalena entra em beco sai em beco C há uma santa com seu nome entra em beco sai em beco G Mini Dicionário Acordes Mais Usados no Violão - Prof. Juarez Barcellos rio dos Acordes Mais Usados noViolão Violão Prof. Juarez Barcellos o dos Acordes Mais Usados no - -Prof. Juarez Barcellos vai na próxima capela edos acende um vela C pra não passar fome entra em beco sai em beco G Acordes maiores e menores em tríades Acordesmaiores maiores menores emtríades tríades Acordes e emenores em há um recurso madalena entra em beco sai em beco Esses osacordes desenhos mais usados de acordes maiores e menores em tríades (acordes os desenhos mais usados acordesmaiores maiores menores emtríades tríades (acordes s desenhos mais usados eemenores em (acordes Csãodede com três notas) nas notas naturais (dó, ré, mi, fá, maior sol, lá e si), e usados com maior uma santa com iniciados seu nome entra em beco em beco iniciados nas notas naturais (dó, ré,mi, mi,fá, fá, sol, si), usados com maior iciadoshá nas notas naturais (dó, ré, sol, láláeesai si), eeusados com G frequência em: Música Música Folclórica, Sertaneja, PopeFolclórica, eRock. Rock. Sertaneja, Pop e Rock. úsica Folclórica, Sertaneja, Pop vai na próxima capela e acende um vela C pra não passar fome Acordes maiores Acordesmaiores maiores Acordes

Acordes Acordesmenores menores

Acordes menores

No Toca-fita do Meu Carro Bartô Galeno G No toca-fita do meu carro, D Uma canção me faz lembrar você Acendo mais um cigarro G E procuro lhe esquecer Do meu lado está vazio, C G Você tanta falta me faz, Pois cada dia que passa D G Eu te amo muito mais C G Pois cada dia que passa D G Eu te amo muito mais G Encontrei no porta-luva um lencinho C Que você esqueceu. G E num cantinho bem bordado D G O seu nome junto ao meu C G E num cantinho bem bordado D G O seu nome junto ao meu REPETE 1ª ESTROFE Sol (G)

Ré (D)

Dó (C)

Amor Perfeito Amado Batista C

F

G

C

Amor perfeito existia entre nós dois, sem esperar que depois fosse tudo se acabar

F

G

Mas neste mundo em que o perfeito não tem vida, não merecemos querida viver

C juntos e amar

F

G

C

Nosso senhor para sempre te levou nem ao menos me deixou o fruto do nosso amor F G C Aquele filho seria a nossa alegria, eu senti naquele dia ser um pai, ser o Senhor

F

G

C

No hospital, na sala de cirurgia, pela vidraça eu via você sofrendo a sorrir

F

G

E seu sorriso aos poucos se desfazendo, então vi você morrendo sem poder me

C despedir

F

G

C

No hospital, na sala de cirurgia, pela vidraça eu via você sofrendo a sorrir

F

G

E seu sorriso aos poucos se desfazendo, então vi você morrendo sem poder me

C despedir Dó (C)

Fá (F)

Sol (G)

Prá Não Dizer Que Não Falei Das Flores Geraldo Vandré Intro Em D Em D Em D Em D Em Caminhando e cantando e seguindo a canção Somos todos iguais braços dados ou não D Em D Em Nas escolas nas ruas, campos, construções Caminhando e cantando e seguindo a canção

Em D Em D Em Vem, vamos embora, que esperar não é saber Quem sabe faz a hora, não espera acontecer Em D Em D Em Vem, vamos embora, que esperar não é saber Quem sabe faz a hora, não espera acontecer Em D Em D Em Pelos campos há fome em grandes plantações Pelas ruas marchando indecisos cordões D Em D Em Ainda fazem da flor seu mais forte refrão E acreditam nas flores vencendo o canhão Em D Em D Em Vem, vamos embora, que esperar não é saber Quem sabe faz a hora, não espera acontecer Em D Em D Em Vem, vamos embora, que esperar não é saber Quem sabe faz a hora, não espera acontecer Em D Em Há soldados armados, amados ou não Quase todos perdidos de armas na mão D Em Nos quartéis lhes ensinam uma antiga lição De morrer pela pátria e viver sem razão Em D Em D Em Vem, vamos embora, que esperar não é saber Quem sabe faz a hora, não espera acontecer Em D Em D Em Vem, vamos embora, que esperar não é saber Quem sabe faz a hora, não espera acontecer Em D Em Nas escolas, nas ruas, campos, construções Somos todos soldados armados ou não D Em Caminhando e cantando e seguindo a canção Somos todos iguais braços dados ou não D Em Os amores na mente, as flores no chão A certeza na frente, a historia na mão D Em Caminhando e cantando e seguindo a canção Aprendendo e ensinando uma nova lição Em D Em D Em Vem, vamos embora, que esperar não é saber Quem sabe faz a hora, não espera acontecer Em D Em D Em Vem, vamos embora, que esperar não é saber Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

Juarezbarcellos.com

Não Vou Ficar Tim Maia E7 Há muito tempo eu vivi calado A7 E7 Mas agora resolvi falar. Chegou a hora, tem que ser agora A7 E7 E com você não posso mais ficar, Não vou ficar não, não, não. A7 E7 Não posso mais ficar não, não, não, não, não, A7 E7 Não posso mais ficar não. E7 Toda verdade deve ser falada A7 E7 E não vale a gente se enganar, Não tem mais jeito, tudo está desfeito A7 E7 E com você não posso mais ficar. F#m7 G#m7 F#m7 G#m7 Pensando bem, não vale a pena F#m7 G#m7 Ficar tentando em vão C#m7 F#7 B7 O nosso amor não tem mais condição Não, não, não, não, não, não, não. E7 Por isso resolvi agora A7 E7 Te deixar de fora do meu coração. A7 Com você não dá mais certo e ficar sozinho E7 É minha solução, é solução sim. A7 E7 Não tem mais solução, não, não, não. A7 E7 Não tem mais solução.

Don’t worry, be happy Bobby McFerrin intro ( B C#m E B ) (2x) B C#m Here's a little song I wrote You might want to sing it note for note E B Don't Worry, be happy B C#m In every life we have some trouble But when you worry you make it double E B B C#m Don't Worry, be happy uh, uh (no fundo)/ Don't worry (na frente) E B C#m uh, uh (no fundo)/ Be happy (na frente) (2x) Uh, uh, uh, uh, don't worry, be happy B C#m Ain't got no place to lay your head, somebody came and took your bed E B Don't Worry, be happy B C#m E B The landlord say your rent is late, he may have to litigate Don't Worry, be happy B C#m uh, uh (no fundo)/ Don't worry (na frente) E B uh, uh (no fundo)/ Be happy (na frente) (2x) Uh, uh, uh, uh, don't worry, be happy B C#m Ain't got not cash, ain't got no style, ain't got no girl to make you smile E B Don't Worry, be happy B C#m Cause when you worry your face will frown and that will bring everybody down E B B C#m Uh, uh, uh, uh, don't worry, be happy uh, uh (no fundo)/ Don't worry (na frente) E uh, uh (no fundo)/ Be happy (na frente)(2x) B Uh, uh, uh, uh, don't worry, be happy Uh, uh (no fundo)/ Don't worry, don't worry, don't do it (na frente) Uh, uh (no fundo)/ Be happy, the smile on your face, don't bring everybody down uh, uh (no fundo)/ Don't worry (na frente) Uh, uh (no fundo)/ It'll soon pass, what the worry is? Don't worry, be happy Uh, uh, I'm not worried Uh, uh, I'm happy Uh, uh, uh, uh

Trem-Bala Ana Vilela Intro: A9 D9 A9 E A9 D9 A9 Não é sobre ter Todas as pessoas do mundo pra si É sobre saber E A9 Que em algum lugar alguém zela por ti É sobre cantar e poder escutar D9 A9 E Mais do que a própria voz É sobre dançar Na chuva de vida que cai sobre nós D9 E A9 É saber se sentir infinito Num universo tão vasto e bonito É saber sonhar D9 E A9 Então fazer valer a pena Cada verso daquele poema Sobre acreditar A9 D9 A9 Não é sobre chegar No topo do mundo e saber que venceu É sobre escalar E A9 E sentir que o caminho te fortaleceu É sobre ser abrigo D9 A9 E também ter morada em outros corações E assim ter amigos E Contigo em todas as situações D9 E A9 A gente não pode ter tudo Qual seria a graça do mundo Se fosse assim D9 E A9 Por isso eu prefiro sorrisos E os presentes que a vida trouxe Pra perto de mim A9 D9 A9 Não é sobre tudo Que o seu dinheiro é capaz de comprar E sim sobre cada momento E A9 Sorriso a se compartilhar Também não é sobre Correr contra o tempo D9 A9 E Pra ter sempre mais Porque quando menos se Juarezbarcellos.com espera A vida já ficou pra trás D9 E A9 Segura teu filho no colo Sorria e abraça os teus pais Enquanto estão aqui D9 E Que a vida é trem bala, parceiro E a gente é só passageiro A9 Prestes a partir D9 E A9 D9 E A9 Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá. Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá D9 Segura teu filho no colo……………

Era Uma Vez Kell Smith Intro D D4 D D4 D Era uma vez O dia em que todo dia era bom Delicioso gosto e o bom gosto D4 A Das nuvens serem feitas de algodão Dava pra ser herói Bm A No mesmo dia em que escolhia ser vilão E acabava tudo em lanche G D Um banho quente E talvez um arranhão Dava pra ver G D A ingenuidade, a inocência Cantando no tom Milhões de mundos e universos tão reais G A Bm Quanto a nossa imaginação Bastava um colo, um carinho E o remédio era beijo e proteção A G D Tudo voltava a ser novo no outro dia Sem muita preocupação G É que a gente quer crescer A Bm E, quando cresce, quer voltar do início G Porque um joelho ralado A Bm Dói bem menos que um coração partido G É que a gente quer crescer A Bm E, quando cresce, quer voltar do início G Porque um joelho ralado A Bm Dói bem menos que um coração partido D D4 Dá pra viver Mesmo depois de descobrir Que o mundo ficou mau D D4 É só não permitir Que a maldade do mundo Te pareça normal A Bm A G Pra não perder a magia de acreditar Na felicidade real E entender que ela mora no caminho D E não no final Refrão: G É que a gente quer crescer………

Te Ver Skank Intro C Dm C Dm C Dm Te ver e não te querer É improvável é impossível C Dm Te ter e ter que esquecer É insuportável é dor incrível C Dm Te ver e não te querer É improvável é impossível C Dm Te ter e ter que esquecer É insuportável é dor incrível C Dm C Dm É como mergulhar num rio e não se molhar É como não morrer de frio no gelo polar C Dm C Dm É ter o estômago vazio e não almoçar É ver o céu se abrir no estio e não se animar C Dm Te ver e não te querer É improvável é impossível C Dm Te ter e ter que esquecer É insuportável é dor incrível C Dm C Dm É como esperar o prato e não salivar Sentir apertar o sapato e não descalçar C Dm C Dm É ver alguém feliz de fato sem alguém para amar É como procurar no mato estrela do mar C Dm Te ver e não te querer É improvável é impossível C Dm Te ter e ter que esquecer É insuportável é dor incrível C Dm C Dm É como não sentir calor em Cuiabá Ou como no Arpoador não ver o mar C Dm C Dm É como não morrer de raiva com a política Ignorar que a tarde vai vadia a mítica C Dm C Dm E como ver televisão e não dormir Ver um bichano pelo chão e não sorrir C Dm C Dm É como não provar o nectar de um lindo amor Depois que o coração detecta a mais fina flor C Dm Te ver e não te querer É improvável é impossível C Dm Te ter e ter que esquecer É insuportável é dor incrível

Flores Titãs CADCADAGAG C A D (2x) Olhei até ficar cansado A G (2x) De ver os meus olhos no espelho C A D (2x) Chorei por ter despedaçado A G (2x) As flores que estão no canteiro C A D (2x) Os punhos e os pulsos cortados A G (2x) E o resto do meu corpo inteiro C A D (2x) Há flores cobrindo o telhado A G (2x) E embaixo do meu travesseiro C A D (2x) Há flores por todos os lados A G (2x) Há flores em tudo que eu vejo D G A dor vai curar essas lástimas D G O soro tem gosto de lágrimas D G As flores têm cheiro de morte D G A dor vai fechar esses cortes A A Flores,Flores D G D As flores de plástico não morrem

Domingo de Manhã Marcos e Belutti E F#m A7M/E Tá com voz de sono foi mal se te acordei Desligue e volte a dormir depois me E F#m A7M/E Ligue aqui iiii Eu nem sei o que faria nesse inverno Qualquer coisa que não fosse com você E Me causaria tédio ooo E Poderia estar agora no espaço em um módulo lunar Ó que chato F#m E se eu tivesse agora velejando num barquinho no Caribe, Deus me livre A7M/E E F#m A7M/E Poderia estar agora num hotel mil estrelas em Dubai Mas eu, eu, eu, eu Refrão: E B F#m Prefiro estar aqui Te perturbando domingo de manhã A7M/E E B É que eu prefiro ouvir sua voz de sono F#m. A7M/E E Domingo de manhã, Domingo de manhã Repete Primeira Parte: E F#m A7M/E Tá com voz de sono foi mal se te acordei Desligue e volte a dormir depois me E F#m A7M/E Ligue aqui iiii Eu nem sei o que faria nesse inverno Qualquer coisa que não fosse com você E Me causaria tédio ooo E Poderia estar agora no espaço em um módulo lunar Ó que chato F#m E se eu tivesse agora velejando num barquinho no Caribe, Deus me livre A7M/E E F#m A7M/E Poderia estar agora num hotel mil estrelas em Dubai Mas eu, eu, eu, eu Refrão Final:

Top Articles

Latest Posts

Article information

Author: Saturnina Altenwerth DVM

Last Updated: 12/24/2022

Views: 6689

Rating: 4.3 / 5 (64 voted)

Reviews: 87% of readers found this page helpful

Author information

Name: Saturnina Altenwerth DVM

Birthday: 1992-08-21

Address: Apt. 237 662 Haag Mills, East Verenaport, MO 57071-5493

Phone: +331850833384

Job: District Real-Estate Architect

Hobby: Skateboarding, Taxidermy, Air sports, Painting, Knife making, Letterboxing, Inline skating

Introduction: My name is Saturnina Altenwerth DVM, I am a witty, perfect, combative, beautiful, determined, fancy, determined person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.